Da redação

Campus da UFT em Araguaína seria sede de nova instituição federal — Foto: UFT/Divulgação

O projeto de criação da Universidade do Norte do Tocantins (UFNT) foi aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal nesta quarta-feira (5). Esta era a última comissão antes do projeto ser votado por todos os senadores no plenário da casa.

O projeto de lei foi apresentado pelo próprio governo federal ainda em 2016 e ficou quase dois anos parado. No mês passado, a proposta de criação da nova universidade foi aprovada na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal.

+ Aprovada a criação da Universidade do Norte do Tocantins

+ Comissão aprova criação da Universidade Federal do Norte do Tocantins com sede em Araguaína

+ PL que cria a Universidade Federal do Norte do Tocantins é aprovado na CCJ

A nova instituição será criada a partir do desmembramento da Universidade Federal do Tocantins (UFT), com sede em Araguaína. A UFNT deverá absorver os cursos, alunos e cargos dos campus da UFT de Araguaína e Tocantinópolis, além de criar novas unidades em Xambioá e Guaraí.

VEJA TAMBÉM
Grandes obras em execução no Tocantins têm recursos obtidos pelo senador Vicentinho

A relatoria do projeto é da senadora Kátia Abreu (PDT). O projeto de lei que cria a UFNT agora segue para o plenário em regime de urgência.

(Com G1 TO)