Da redação

O projeto com o curso inicial de Teologia é constituir um corpo discente com mais de 30 mil alunos em um período de 3 anos. Foto: Reprodução

Pastores e demais obreiros da Assembleia de Deus em todo o país têm comemorado a decisão tomada pela Faculdade de Tecnologia, Ciências e Biotecnologia da CGADB (FAECAD), que protocolou junto ao Ministério da Educação (MEC) o processo de credenciamento institucional de Educação a Distância (EaD).

A informação foi divulgada em abril por ocasião da 44ª assembleia geral da CGADB no Pará pelo diretor geral da FAECAD, pastor e professor Isael de Araujo.

Esse processo permitirá, a princípio, que a instituição distribua 50 unidades pelo país possibilitando oferecer polos de ensino em todos os estados da federação, tornando a FAECAD uma instituição ensino nacional para atender às Assembleias de Deus em todo o país. A sede da faculdade no bairro da Vila da Penha, Rio de Janeiro, será também um polo EaD. Os demais polos serão abertos no modelo de parcerias com a FAECAD.

+ CGADB oferece Curso de Psicologia Pastoral aos Pastores

O primeiro curso superior a ser ofertado será o de Teologia que, em 2018, recebeu o conceito 4.26 (o máximo é 5) no reconhecimento do MEC. Depois novos cursos superiores serão ofertados nos polos.

VEJA TAMBÉM
Convenção COMADEMAT inaugura mais um templo próprio nos Estados Unidos

O projeto com o curso inicial de Teologia é constituir um corpo discente com mais de 30 mil alunos em um período de 3 anos. O número de polos pode chegar, em um segundo momento, a 150, o que abrangeria a possibilidade de termos mais de 90 mil alunos matriculados no curso de Teologia em território nacional. Tanto o processo de credenciamento da FAECAD para a oferta em EaD quanto o da autorização do curso de Teologia nessa modalidade estão previstos para serem avaliados no início do primeiro semestre de 2020 e os cursos começarão no segundo semestre do referido ano.

Uma vez credenciada, a instituição estará liberada também para oferecer os cursos de pós-graduação (lato sensu) que hoje são ministrados presencialmente em sua sede contemplando, assim, um uma grande quantidade de portadores de diploma de ensino superior e que desejam se aperfeiçoar no conhecimento teológico.

Para se ajustar ao processo de avaliação do MEC, visando à qualidade do serviço a ser ofertado, a instituição passa por um processo de gestão que visa a criar material didático próprio, mídias digitais educativas, ambientes virtuais de aprendizagem, capacitação docente e de técnicos-administrativos para atuarem nessa modalidade de ensino.

VEJA TAMBÉM
IV Fórum Nacional de Líderes de Juventude da AD no Brasil acontece no próximo final de semana

A ampliação da ação da FAECAD para sua atuação em EaD representa um grande passo no processo de oferta de um ensino superior de qualidade no país com cursos que romperão as fronteiras do estado e contemplará dezenas de milhares de alunos que buscam por uma graduação de credibilidade e respeito acadêmico. 

(Com Faecad via CPAD News)