54 deputados e senadores se reuniram com o ministro Ernesto Araújo

Nesta quarta-feira (12) cerca de 54 deputados e senadores da Frente Parlamentar Evangélica se reuniram com o ministro Ernesto Araújo, da Relações Exteriores, para conversar sobre a perseguição religiosa contra cristãos.

O assunto principal foi a relação do Brasil com países hostis aos cristãos. Os parlamentares questionaram o ministro sobre o que é mais importa: os valores econômicos ou os valores da vida.

“Os cristãos não perseguem religiões hostis, inclusive muitos destes religiosos moram no Brasil e os cristãos os respeitam”, declarou o deputado federal Eli Borges.

Os parlamentares também falaram sobre a transferência da embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém. Uma das promessas de campanha do presidente Jair Bolsonaro que não foi cumprida até o momento por razões comerciais.

Deputado Eli Borges posa ao lado do ministro Ernesto Araújo, das Relações Exteriores

“Fomos bem recebidos e com saímos com o compromisso de ampliar este debate em organismos internacionais como a ONU e instituições de direitos humanos”, revelou Eli Borges.

O deputado Silas Câmara (PRB-AM), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, revelou ao JM Notícia que o encontrou foi promovido pelo Ministério de Relações Exteriores com os parlamentares evangélicos que puderam ouvir as estratégias do ministério para as relações com outros países que tragam resultados econômicos positivos.

VEJA TAMBÉM
Pastor é ameaçado por batizar indígenas e postar foto nas redes sociais

“Colocamos a nossa preocupação para com as relações diplomáticos do Brasil com países que estão neste momento perseguindo a liberdade religiosa e estão executando cristãos”, declarou Câmara.

O deputado, que também é pastor da Assembleia de Deus, revelou que os parlamentares pediram uma posição dura do governo em relação a esses povos. “Também falamos sobre a necessidade do ministro ouvir as instituições missionárias do Brasil que têm controle da posição e do comportamento dessas nações sobre a perseguição religiosa”.

Segundo Silas Câmara, Ernesto Araújo demonstrou boa vontade de fazer um belíssimo trabalho para que o Brasil possa trilhar o caminho de prosperidade. “A Frente Parlamentar Evangélica declarou apoio total à política externa do Brasil”, declarou. A FPE também expressou seu total apoio ao governo de Jair Bolsonaro.

Áudio entrevista com deputado Silas Câmara