O suplente de deputado estadual, Stálin Bucar é o novo presidente do Patriota no Tocantins. A sua filiação ao partido aconteceu na manhã desta quarta-feira, 12, em Brasília,. Participaram do ato, o presidente nacional, Adilson Barroso, secretário-geral do partido, Nilton Silva e o ex-deputado Sargento Aragão que declinou da presidência da legenda no Estado, para ficar com a metropolitana da Capital.

No Tocantins, o partido não conseguiu eleger deputado federal e nem estadual na última eleição. Em Palmas, a legenda também não conta com nenhum parlamentar.

Fortalecido

Com a junção entre o Patriota e o PRP aprovado pelo TSE, o Patriota acabou superando a cláusula de barreira. “Queremos os líderes do Tocantins e do Brasil no Patriota porque aqui não há contraindicação, não tem sujeira”, garantiu. No País, o partido conta hoje com 1.150 vereadores, 35 prefeitos, 9 deputados federais e 1 senador.

Incorporação

A incorporação entre o Patriota e o PRP, foi aprovada em março de 2019. Na ocasião, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovaram, por unanimidade. Ficou decidido que a legenda não usará sigla, conforme solicitado nos autos, e será identificada apenas como Patriota.