Redação JM Notícia

Morreu na madrugada deste domingo (16), o pastor Anderson do Carmo, esposo da deputada federal Flordelis. Ele foi morto com pelo menos 15 tiros durante a madrugada deste domingo, no condomínio onde morava junto com a esposa.

O casal voltava para casa no bairro de Pendotiba, Niterói (RJ), e quando chegaram em sua residência, segundo Flordelis, o pastor foi até a garagem para buscar algo que teria esquecido, e foi surpreendido pelos bandidos. Logo em seguida, lutou com os marginais para impedir a entrada dos criminosos na residência.

Segundo informações do portal Uol, familiares de Flordelis relataram que ela notou que o carro do casal estava sendo seguido por duas motos. 

De acordo com a Polícia, execução é a principal linha de investigação, mas outras linhas não foram descartadas pelos policiais.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) informou que que antes da ação dos criminosos, um dos cachorros da família foi dopado para não alertar os vizinhos durante a ação dos assassinos. Os agentes já sabem também que pelo menos três homens, encapuzados, participaram do crime. 

VEJA TAMBÉM
Pastor José Wellington Júnior presta homenagem ao pastor Antônio Gilberto


Por estar dopada, Flordelis — que viu o marido ser morto — não consegui ainda prestar esclarecimentos à polícia. Ela está a base de remédios e em choque.

Governador Witzel lamenta assassinato do pastor Anderson do Carmo

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) se manifestou em relação ao assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis. Pelo Twitter, Witzel lamentou a morte e garantiu que o crime “será investigado com rigor”:

“Lamento a morte do Pastor Anderson Carmo, marido da deputada federal Flordelis. O crime será investigado com rigor pela @PCERJ. Meus sentimentos à família, especialmente sua esposa e filhos.”