Da redação

Pastor foi morto após espancamento. Foto: FAN F1

O homem morto por espancamento na cidade de Maruim na noite desta terça-feira (18) era pastor de uma igreja evangélica e os desafetos que teriam atentado contra ele teriam parentesco com ele. Ele foi espancado e morto na Rua Marcos Figueiredo, localizada no Povoado Pau Ferro, na cidade de Maruim (SE).

Edenilton Felix de Lima, de 62 anos, foi morto por volta das 20 horas após se envolver em uma discussão com duas pessoas que fugiram após cometer o crime. Segundo a polícia, um dos agressores investiu contra a vítima com uma pedra na cabeça dele. O idoso morreu no local.

O delegado Ataíde Alves está investigando o caso. A motivação para o crime ainda não foi divulgada, mas há duas pessoas suspeitas. Segundo o delegado, ambos possuem parentesco por afinidade com a vítima.

A prisão temporária deles já foi decretada e os suspeitos são considerados foragidos.

O corpo do pastor deu entrada por volta das 2h desta quarta-feira no Instituto Médico Legal (IML), no Bairro São José, em Aracaju, e foi liberado para sepultamento durante a manhã.

VEJA TAMBÉM
Pastor Claudionor de Andrade detona Teologia da Libertação: "Cristo não é comunista"

(Com G1 SE)