Da redação

A Justiça expediu nesta quinta-feira mandados de prisão temporária para Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos, e Lucas Cezar dos Santos Souza, de 18. Filhos da deputada federal Flordelis (PSD), eles são acusados de envolvimento na morte do pastor evangélico Anderson do Carmo Souza, que é marido da parlamentar.

+ Filho acusa Flordelis e 3 irmãs de ter ligação com morte de pastor

Segundo O Globo, a advogada Luciene Diniz confirmou na tarde desta quinta-feira que Rodrigues confessou o assassinato do pai. Diante desse fato, ela resolveu deixar o caso. Luciene esteve na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo na quarta-feira à tarde para comunicar sua decisão.

Na última terça-feira, Lucas dos Santos confessou à Polícia Civil que foi um dos executores de Carmo. O jovem era um dos filhos adotivos do pastor e de Flordelis. Ele informou a policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo que um dos mandantes do crime era Flávio Rodrigues de Souza, filho biológico do casal. O assassinato teria sido cometido por conta de Anderson manter uma relação amorosa extraconjugal.

VEJA TAMBÉM
Anderson do Carmo: advogado da família quer investigação sobre envenenamento

A deputada federal Flordelis (PSD) e seu marido, o pastor evangélico Anderson do Carmo de Souza tinham acabado de voltar de carro de uma confraternização para casa da família em São Gonçalo no último dia 15 quando o crime aconteceu. Na altura da filial da lanchonete McDonald’s no bairro de São Francisco, a parlamentar percebeu que o casal está sendo seguido por duas motocicletas.

Ao chegarem em casa, Carmo estacionou, mas logo depois voltou ao carro para buscar algo que havia esquecido. Em seguida, a família ouviu os disparos. Ao todo, foram 15 tiros, a maioria na região pélvica. Carmo foi levado para o Hospital Nit D’Or, no bairro Santa Rosa, mas não resistiu.