Um Policial Militar de 50 anos, cometeu suicídio por volta das 6h20 da manhã deste domingo (23), em São Bento do Tocantins, na região norte do Tocantins. O sargento Fortunato Santos Matias, atirou na própria cabeça dentro do Destacamento da PM.

De acordo com informações do Portal AF Notícias, outros dois PMs ainda estavam em repouso quando ouviram um disparo e cheiro de pólvora e levantaram rapidamente imaginando que o Destacamento estava sendo atacado.

Pouco depois, eles perceberam que o sargento havia efetuado um disparo na própria cabeça.

O sargento estava passando por problemas desde a sexta-feira (21). Naquela data, sua esposa o viu cortando os próprios punhos e acionou a polícia, mas o militar não quis receber os colegas. Logo depois, o comandante do 4º BPM o procurou pessoalmente e concedeu dez dias de folga para descansar e resolver os problemas.

No entanto, o sargento não quis a folga e foi trabalhar normalmente em São Bento, a 60 km de Araguatins, onde morava. Ele trabalhou o dia todo em um assentamento e a noite em um evento no local. A equipe retornou para o Destacamento por volta das 4h da madrugada e horas depois ele tirou a própria vida.  

VEJA TAMBÉM
Detran determina que vistorias terão prazo de 30 dias e mudança gera economia para o usuário

O corpo do militar foi sepultado na manhã desta segunda-feira (24).