Da redação

O pastor e missionário da Assembleia de Deus José Roberto Mateu Martin, 56 anos, morreu dentro de um avião após passar mal durante o desembarque de um voo no Aeroporto Eurico Aguiar Sales, em Vitória, na tarde desta quinta-feira (27). Segundo informado, ele teve um edema agudo no pulmão em decorrência de problemas no coração, de acordo com a declaração de óbito.

Fornecido pelo Departamento Médico Legal, o documento aponta a provável causa da morte. O laudo oficial sai em até 10 dias.

Zaqueu Jesus Martin, um dos filhos do pastor, disse que a família ficou sabendo da morte na madrugada desta sexta-feira (28). “Pelo o que a gente entendeu, ele morreu às 16h, mas fomos saber apenas de madrugada, quando conseguiram entrar em contato com a gente”, explicou.

+ Após passagem pela política, pastor Takayama anuncia retorno das cruzadas evangelísticas no Brasil

+ Pastores ficam impactados após viagem missionária na Amazônia

Lamento

O filho conta ainda ainda que toda família ficou surpresa ao receber a notícia. “Foi horrível. Meu pai tinha só 56 anos. Era muito novo. Ele adorava falar de Cristo, pregar. Meu pai rodava o Brasil todo pregando a Palavra de Deus”, disse.

VEJA TAMBÉM
Pastor comete suicídio, após descoberta de pornografia infantil em seu computador

José Roberto vinha do Rio de Janeiro para Vitória no final da tarde de quinta-feira (27). Ele tinha 56 anos e morreu após desembarcar no Aeroporto de Vitória.

O caso

De acordo com a Infraero, a empresa aérea enviou um comunicado à torre de controle do aeroporto por volta das 17h30. No contato, a Azul informou que havia um passageiro passando mal dentro do voo e pediu que o Samu e a equipe médica local estivessem de prontidão na aterrissagem.

Já a Azul afirmou que o passageiro passou mal no desembarque do aeroporto. Segundo a empresa aérea, quando o avião pousou, os socorristas já estavam na pista e atenderam o passageiro, que morreu no local.

Investigadores do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local para fazer a perícia e recolher o corpo do passageiro.

(Com Tribuna On Line)