Da redação

Flordelis e Anderson Foto: Reprodução

A cantora Flordelis dos Santos de Souza fez uma postagem em suas redes sociais, na noite dessa quinta-feira, na qual afirma já ter sido sentenciada sem que tivesse um julgamento. “Deixem eu chorar em paz pela perda do meu marido, meu cúmplice, meu amigo”, escreveu. Na madrugada do último dia 16, o pastor Anderson do Carmo de Souza, marido de Flordelis, foi assassinado.

Dois filhos da pastora — um biológico e outro adotado — estão presos por suspeita de terem participado do crime. Ainda na postagem, Flordelis afirma que se os seus filhos forem culpados, “que permaneçam presos, que sejam julgados e condenados”.

+ Flordelis decide fechar uma igreja em Niterói

+ “Família está rachada”, desabafa filha da cantora Flordelis

Anderson foi morto na casa da família, em Pendotiba, Niterói. O assassinato está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo.

Veja abaixo a íntegra da postagem da deputada:

“Que mundo é esse? Que cristianismo é esse? Já me sentenciaram sem que eu tivesse um julgamento. Acusar sem ter certeza é um ato indecente e covarde.

VEJA TAMBÉM
Vídeo: Câmeras mostram filho de Flordelis fugindo após morte do pastor

Tem aparecido tanta gente pra me julgar, me intimidar, me desejar mal.

Deixem eu chorar em paz pela perda do meu marido, meu cúmplice, meu amigo.

Sou mãe e não existe ex-filho. Se foram meus filhos os assassinos quero que permaneçam presos, que sejam julgados e condenados. E isso só torna a minha dor ainda maior. Mas, deixem que a polícia termine seu trabalho e apresente o verdadeiro culpado ou os verdadeiros culpados.

Além dos meus filhos que permaneceram existe muita gente que acredita em mim, que me apoia, pessoas que estão dispostas a me ajudarem e até estão apanhando por isso. São essas pessoas que me dão força para me levantar da cama. E são essas pessoas que estão me ajudando a continuar e seguir com força e determinação.

Deus sempre estará comigo Ele que sempre me ajudou e continuará me ajudando Ele será a minha força, o meu ânimo, a minha fé e, acima de tudo, Ele será o meu Pai amado.

Não vou deixar de estender a mão para quem precisa não vou deixar que transformem meu coração de carne em coração de pedra”.