Da redação

Um trágico acidente interrompeu o sonho de uma jovem que queria ser missionária para ajudar o próximo. A estudante de Administração, Rayanne Araújo Pitombo, 19, era o orgulho do pai e visava ser missionária da igreja que frequentava.

“Ela queria rodar o mundo, se compadecia das pessoas e conhecia a Palavra e os princípios. Era uma pessoa de família”, descreveu o pai da universitária, o empresário Robson Gonçalves Pitombo, 52 anos. Ela é uma das três vítimas do acidente envolvendo um carro de passeio e uma carreta carregada de abóboras que aconteceu na noite deste sábado (6), em Carapina, na Serra.

+ Acidente mata pastor e diácono batistas durante viagem missionária no Piauí

Ele e a esposa compareceram no DML para fazer os trâmites para liberação do corpo da filha para o velório. Abatido com a perda da filha, Robson disse que a havia falado com a filha no sábado. “Ela trabalhava em uma ótica. Falou que ia para a casa de uma amiga, onde passaria a noite, e que nós conhecíamos a família. Porém, como estava na casa da avó após o trabalho, decidiu sair com outra amiga e aconteceu essa fatalidade. Como Jó fala ‘Deus deu, Deus tira’”, desabafou o pai.

VEJA TAMBÉM
Acidente mata pastor e família, único sobrevivente foi o filho caçula

As outras duas vítimas do acidente são o universitário Gabriel Macedo, que era amigo e vizinho do frentista Alexandre de Bazilio Ferreira, 22 anos, também morto na colisão com um caminhão. Os dois moravam em Serra Dourada II, na Serra.

Com Gazeta