Da redação JM

Deputado Silas Câmara à direita do presidente Bolsonaro é o líder da Frente Parlamentar Evangélica na Câmara. Foto: Reprodução

Acompanhado de ministros, o presidente Jair Bolsonaro recebeu a bancada evangélica para um café da manhã nesta quinta-feira (11) no Palácio do Planalto.

O encontro ocorreu no dia seguinte à declaração do presidente sobre indicar um ministro ‘terrivelmente evangélico’ para o Supremo Tribunal Federal (STF) e à aprovação do texto-base da reforma da Previdência em primeiro turno no plenário da Câmara dos Deputados.

De acordo com os deputados Marcos Pereira (PRB-SP) e João Campos (PRB-GO), presentes no café, Bolsonaro agradeceu os parlamentares pelo apoio na reforma.

Leia mais Bancada Evangélica repudia decisão do STF sobre homofobia: “liberdade religiosa foi restringida”

+ Bancada Evangélica apresentará projeto para criminalizar a homofobia

O texto-base de proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera regras de aposentadorias e pensões foi aprovado em primeiro turno nesta quarta-feira (10) com 379 votos favoráveis e 131 contrários – o mínimo para aprovação era de 308 votos.

Nesta quinta, a Câmara analisa propostas para mudar o texto do projeto. Após encerrar essa etapa da análise, o projeto terá de ser aprovado em segundo turno pela Casa, para então, ser analisado no Senado.