Morre pastor José Alves da Silva, Presidente da AD em Paranaguá

O Senhor Deus recolheu para si nesta sexta-feira (19), o pastor José Alves da Silva, Presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Paranaguá/PR, e ex-presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Estado do Paraná (CIEADEP). A informação foi confirmada ao JM Notícia pelo pastor Hidekazu Takayama.

 Pastor José Alves, tinha 71 anos, e ao longo dos anos, dedicou a sua vida inteiramente à obra do Senhor Jesus. A causa da morte ainda não foi divulgada.

O velório vai acontecer nesta sexta-feira (19) no templo central da Assembleia de Deus em Paranaguá e o sepultamento neste sábado (20).

Pastor José Alves sempre afirmava: “Amo expor a mensagem genuína do evangelho. Faço isto com amor, dedicação e com muito entusiasmo, crendo sempre no poder transformador do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, por isso, à Ele a glória para sempre!!!!”

+ Convenção Comadvardo elege pastor Calais Junior como novo presidente

+ Goleiro Bruno consegue progressão e vai para o semiaberto

+ Luto||Morre aos 64 anos a missionária Maria Aparecida, da AD Ciadseta no Tocantins

Segue abaixo a biografia

“Os passos de um homem bom, são confirmados pelo SENHOR, e ele deleita-se no seu caminho” Sl 37:23

Sua Infância, Adolescência e Juventude.

José Alves da Silva nasceu em 21 de março de 1948, na cidade de Riacho de Santana, Bahia. Penúltimo filho do casal Aurélio Manoel da Silva e Ana Rosa Sales. Sua família, bastante humilde, veio para o Estado de São Paulo para trabalhar na lavoura de café. José Alves passou ali parte da sua infância juntamente com seus pais e irmãos nas fazendas no interior do Estado.

Quando adolescente mudou com seus pais para o Norte do Paraná, na região de Maringá PR, onde o Sr. Aurélio passou a trabalhar como administrador de fazendas naquela região. José Alves da Silva desde cedo foi dedicado aos estudos e ao esporte. Começou a praticar futebol nos times escolares da sua cidade, e dentro de pouco tempo começou a ganhar prestígio entre os colegas e foi convidado a jogar oficialmente no time da cidade de Atalaia. Nesta época ganhou o apelido de “Zé da Silva” e tornou-se o Ponta-Esquerda do time, porém num dia de jogo, acabou substituindo o Goleiro do time, e descobriu assim, sua nova posição, passando ser oficial no time da Associação Atlética Atalaia durante muito tempo.

Sua Conversão a Cristo Jesus

José Alves da Silva era frequentador dos cultos evangélicos, embora seus pais fossem católicos, a sua mãe uma respeitada benzedeira da região e muito devota aos santos. Recebia dos seus pais a instrução religiosa e aprendeu desde criança a devolver o dizimo de tudo que ganhava, e também a leitura da Bíblia e o respeito ao próximo. Seus irmãos, Miguel José da Silva, Joaquim José da Silva e algumas irmãs, converteram-se ao Evangelho logo cedo, e isto causou grande espanto por parte da família, e também maior interesse do jovem José pelas doutrinas pregadas pelos evangélicos, entre elas a Escatologia, assunto que o fascinava e quando surgiam dúvidas, ele as trazia aos irmãos para que o explicassem.

Pelas suas frequentes visitas aos cultos nas igrejas evangélicas, passou a ter grande interesse pela Bíblia, suas histórias, seus ensinamentos, pelos louvores cantados, a ponto de memorizar dezenas de músicas do hinário da Harpa Cristã.

Foi numa tarde de sábado, quando participava do casamento de Valdomiro Rodrigues e Jandira Domingues, num templo evangélico, da Assembleia de Deus na cidade de Atalaia, quando o pastor Roque Latário perguntou aos convidados se queriam ser felizes como aquele casal, José teve uma visão onde uma voz lhe dizia: “assim como este casamento será quando a Igreja se encontrar com Cristo”. No mesmo instante ele levantou a mão e disse que queria ser feliz como aquele casal e queria aceitar a Jesus Cristo. O pastor se surpreendeu, pois não se tratava de um apelo à conversão, mas pediu que ele aguardasse até o final da celebração. Quando foi encerrado o casamento, ele foi convidado ao altar e declarou sua conversão a Cristo.

A partir deste momento, sua vida teve uma mudança radical. Com um futuro brilhante na carreira esportiva, com pré convites para times de grandes proporções, acabou abandonando o futebol para dedicar-se ao Evangelho. Sua família e amigos não entendiam o porquê desta decisão. Arrumou um emprego na cidade e dedicou-se mais ainda na leitura da Bíblia e nos seus estudos. Logo depois, seus pais, demais irmãos e praticamente toda a sua família converteram-se a Cristo Jesus.

Sua Chamada Ministerial

Mesmo recém convertido ao Evangelho, assumiu a responsabilidade de dirigir um ponto de culto distante a 20 Km de sua cidade, um lugar chamado Água Uniflor. Embora o lugar fosse de difícil acesso, não o impedia de pegar sua bicicleta e para lá se dirigir a fim de realizar os cultos, os louvores e ainda a pregação da Palavra do Senhor Jesus. Foi desta espontaneidade que a confiança por parte do ministério de sua igreja foi aumentando e as responsabilidades foram dobradas. Na mesma cidade de Atalaia, conheceu a jovem Nadir Marques Brite, filha de Manoel Marques Brite e Rosalina Batista Brite, e uniram-se em casamento no dia 20/05/1972 na Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Atalaia Pr. Deste enlace matrimonial, nasceram três filhos, Selma Alves da Silva em 1973, Emerson Alves da Silva em 1978 e Elton Alves da Silva em 1984.

Sua Formação Escolar

Como sempre foi dedicado aos estudos, procurou o quanto antes concluir o 1º e o 2º Grau, e logo ingressou em um curso superior que lhe deu a graduação em Pedagogia e Pós-graduação em Didática do Ensino Superior e Metodologia Científica. Foi aprovado no vestibular para o Curso de Direito na Universidade Estadual de Maringá, porém não pôde iniciar o curso devido suas atividades ministeriais e na maioria delas no período noturno. Na área teológica realizou os Cursos Básico e Médio da EETAD, e ao concluir não demorou em realizar um grande sonho de graduar-se em Bacharel em Teologia pela FAETEL. Pós Graduou-se em Didática do Ensino Superior e Metodologia, Ciência da Religião e Especializou-se em Educação, e, mais tarde veio o Diploma de Doutor em Ciências Religiosas pela FATEPAR, e também em 2003 o Título de Doutor em Divindade pelo ITEPAR, além de dezenas de outros cursos teológicos, profissionalizantes, seminários, Escolas Bíblicas, simpósios que procurou realizar para que seus conhecimentos fossem a cada dia aperfeiçoados.

Suas Atividades Ministeriais

Através da sua dedicação ministerial, foi ordenado ao diaconato, função que procurou com zelo e alegria exercer e por causa disto veio a ordenação a Presbítero, onde passou a ter responsabilidades maiores, dirigindo congregações no campo Ministerial da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Maringá/PR, como a Igreja em Doutor Camargo em 1974, e assim que veio a ser ordenado a Evangelista, pela Convenção das Assembleias de Deus no Estado do Paraná – CIEADEP – foi então chamado para assumir a vice-presidência da Igreja em Maringá, e exerceu esta função entre os anos de 1975 a 1982 ao lado do Pr. Ivo Luiz de Souza e depois do Pr. João Barbosa de Macedo.

Foi convidado para pastorear a Igreja em Mandaguari PR, em 1982, e num período de dois anos desenvolveu grande trabalho evangelístico e social. Construiu a casa pastoral da Igreja e também fundou uma pré-escola. Logo foi chamado para trabalhar por um pequeno período de tempo na cidade de Arapoti PR, onde por apenas três meses realizou um trabalho de evangelização que possui resultados até os dias de hoje.

1984 foi para Mauá da Serra PR, onde por cinco anos pastoreou este vasto campo ministerial, que estendia desde o município de Ortigueira a Califórnia, com várias igrejas e pontos de cultos ao longo da “Serra do Cadeado” e em meio as aldeias, sítios e fazendas. Deus fez prosperar este trabalho de forma maravilhosa. Centenas de vidas se renderam aos pés de Cristo, vários templos foram construídos, bens para a Igreja foram adquiridos, obreiros foram formados e projetos sociais foram iniciados como o CODESEM – Conselho de Desenvolvimento Social – e a Assistência Social “Monte Moriá” e mais duas creches neste município e ainda participou da implantação do SENAC na cidade. Neste período foi ordenado a Pastor pela CIEADEP e também recebeu o título de Cidadão Honorário do Município de Mauá da Serra, emitido pela Câmara Municipal.

Pastor José Alves, como conhecido, foi convidado para pastorear a Igreja em Assis Chateaubriand PR em 1989 e ali ficou por dois anos. Este período foi bastante marcante, pois ainda que se tratava de uma cidade já estruturada ministerialmente, pôde exercer a função pastoral, o serviço de evangelização nos municípios ligados ao ministério, fundou o Serviço de Assistência Social “Monte Sinai” na cidade de Tupassi PR e ainda dirigiu e apresentou o programa Radiofônico “Para a Sua Pergunta a Nossa Resposta” pela Rádio Difusora da cidade.

Em 28 de dezembro de 1990, assumiu a presidência da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Paranaguá/Pr, por indicação do Pr. Rubens Soares da Silva, pastor da igreja nesta época, e por aceitação da CIEADEP e homologação do presbitério local. O Templo Central havia recém-inaugurado e a Igreja estava em fase de crescimento e desenvolvimento. Logo que chegou não demorou em iniciar os trabalhos de evangelização, formação de obreiros e líderes, como ordenou o Senhor Jesus Cristo em Mateus 28:19 “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. ”

Regularizou os documentos da Assistência Social Bom Pastor, e estabeleceu um Ambulatório para atender as pequenas necessidades e pessoas carentes, estabeleceu a creche “Bom Pastor” na Ilha dos Valadares que atende dezenas de crianças. Outros serviços sociais ainda estão sendo prestados no município às comunidades carentes, tendo sempre como base bíblica e o exemplo da Igreja dirigida pelos apóstolos registrada em Atos 3:42-47 “E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos… Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar. ”

A Igreja Assembleia de Deus em Paranaguá, tem passado por grande crescimento tanto espiritual como numérico. Com o lema “Um lugar de adoração em cada bairro da cidade” a Igreja conta hoje com 8000 membros batizados e um número aproximado de 2000 congregados, 55 congregações e 500 obreiros entre cooperadores, diáconos, presbíteros, evangelistas e pastores, todos consagrados ao Senhor, trabalham ao lado do Pastor José Alves para o engrandecimento do Reino de Deus, para que a Palavra da Verdade seja pregada com ousadia a fim de que o nome de Cristo Jesus seja sempre glorificado. A Igreja neste período tem adquirido inúmeros bens, reformou os templos antigos, construiu outros novos, modernizou o Templo Central e regularizou documentos e estatutos.

A chama missionária sempre ardeu no coração do Pastor José Alves, e em Paranaguá, juntamente com o Ministério tem desenvolvido um projeto Missionário de alcance mundial. Tendo ido a África por diversas vezes, a Igreja passou a desenvolver um trabalho específico naquele continente, no país de Guiné-Bissau através de uma família missionária e outros missionários que ali estão instalados, e um projeto chamado “Cabo-Verde” que ainda está em fase de realização neste ano de 2008, além de outros países e do Nordeste Brasileiro, onde a Igreja já desenvolveu e ainda desenvolve a atuação missionária.

O Pastor José Alves, tem sido honrado por Deus em seus serviços ministeriais. E devido ao seu progresso nos trabalhos pelo Estado do Paraná, recebeu o Título de Cidadão Honorário de Paranaguá PR, emitido pela Câmara Municipal. Recebeu um “Voto de Louvor” pela Câmara Municipal de Curitiba PR, também o Título de “Honra ao Mérito” pela Assembleia Legislativa do Estado do Paraná e o Título de “Membro Vitalício” da Academia Brasileira de Letras e Oradores Evangélicos. Ao longo deste tempo ocupou e ocupa cargos executivos nas Convenções Estadual e Nacional da Igreja Evangélica Assembleia de Deus.

Suas Atividades Convencionais

Na Convenção Geral das Assembleia de Deus no Brasil – CGADB – foi membro de várias comissões e departamentos, entre eles destacam-se: o Departamento de Evangelismo “Década da Colheita”, Conselho de Doutrinas, Departamento de Missões Internacionais “Além Mar”, vice-presidente da “Escuela Teologica Extensiva Siloé – Peniel” em Assunción Paraguay, 4º Secretário Nacional da CGADB nos anos de 2005 a 2007 e também já pertenceu ao Conselho de Ética e Disciplina.

Na Convenção Estadual – CIEADEP – foi 2º Tesoureiro, Secretário, Diretor do Departamento de Comunicação, 2º Coordenador Estadual da Juventude, presidiu várias comissões e coordenou outros departamentos, foi presidente da Comissão de Transferência de Pastores, Vice-Presidente da CIEADEP, e no final de 2003 foi eleito como Presidente da CIEADEP, função que no biênio 2004/2005 exerceu com muito dinamismo e graça da parte de Deus. Durante este período o Senhor concedeu grande êxito ministerial a Igreja no Estado do Paraná.

Sua vida hoje

O Pastor José Alves, tem sido agraciado por Deus, servindo ao Senhor como Presidente da Assembleia de Deus em Paranaguá, com uma vida simples e de grande carisma, nunca procurou adquirir para si riquezas terrenas, mas sempre procurou investir no Reino de Deus. Escreveu os livros “Breve Comentário sobre Colossenses”, “Aperfeiçoamento para Professores da Escola Bíblica Dominical”, “O Padrão de Deus para o Casal”, “Antropologia Bíblica – Corpo, Alma e Espírito”, “O Trágico Fim de um Rei”, “As Virtudes do Fruto do Espírito”, “A Teologia do Obreiro” e “Preparados Para Serem Cheios do Espírito” além de dezenas de apostilas, estudos, e centenas de mensagens gravadas em CD’s e DVD’s. Têm viajado por todo Brasil e mais de 27 países na América do Sul, América Central, América do Norte, Europa, Ásia e África pregando em Congressos, ministrando diversas em Escolas Bíblicas e seminários.

Sua esposa, Irmã Nadir, sempre foi uma mulher exemplar, que tem dedicado sua vida ao ministério, na educação e criação dos filhos. O Pastor José Alves costuma dizer que sua esposa não é 50% nem 99% do seu ministério, mas 100%. Compreensiva em todos os momentos da chamada ministerial, companheira, conselheira, espiritual e serva de Deus, procura manter a integridade ministerial de seu esposo, orando, intercedendo e o ajudando em todos as situações.

Nos anos de 2015 e 2016 o Pastor José Alves passou por um delicado momento que afetou fortemente sua saúde e que foi superado com grande sucesso, graças às orações da Igreja, dos Obreiros, o apoio dos amigos e familiares. Mas também contou com a ajuda das irmãs do Círculo de Oração, que juntamente com a irmã Nadir, uniram-se para que Deus realizasse um milagre. E Deus ouviu as orações.

Os filhos, Selma, Emerson e Elton. O genro Ezequiel e as noras, Denise e Joanelly. Os netos Dalton, Nicolas, Heloisa, Cayenne e Otávio possuem o casal José Alves e Nadir Marques não apenas como pais, amigos e conselheiros, mas como espelhos e exemplos para suas vidas, e oram para que Deus venha conservá-los sempre assim.

À Deus seja dada honra e glórias para todo sempre. Amém!!!