Após ser preso e passar por uma série de humilhações dentro da cadeia, por ter sido acusado de ter abusado do seu afilhado em 2016 pela cantora Bianca Toledo, o pastor Felipe Heiderich deu a volta por cima e voltou as ministrações da palavra de Deus após ter sido inocentado de todas as acusações pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro em abril deste ano.

No último sábado (13) ele foi o preletor na Assembleia de Deus Libertados pela Graça, em Campo Grande, Rio de Janeiro e desabafou:

” Foi difícil relembrar a carta daqueles pastores exigindo que eu nunca mais na vida colocasse os pés na igreja. Mas foi um tempo de cura para essa lembrança ao ver que Deus se fez presente” relatou o pastor sobre sua pregação.

+ Justiça absolve Felipe Heiderich de todas as acusações