Da redação

A ação foi chamada de Diamba, tem origem africana e também se refere a maconha. Foto: Reprodução

Mandão de quarta-feira (24) começa com ação da Polícia Federal que cumpre mandados de busca e apreensão contra uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas. Os mandados estão sendo cumpridos na região norte do estado.

A ação foi chamada de Diamba, tem origem africana e também se refere a maconha.

+ Polícia Federal cumpre mandados contra grupo de contadores suspeito de aplicar golpes

+ Prefeitura de Araguaína é alvo de operação da Polícia Federal contra superfaturamento de medicamentos

Conforme as informações preliminares, são oito mandados. Sete estão sendo cumpridos em Araguaína e um em Colinas do Tocantins. O grupo também é suspeito de manter relação com traficantes do Pará.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Estadual de Araguaína e cerca de 40 policiais participam da operação.

De acordo com a Polícia Federal, a operação é um desdobramento da investigação que resultou na prisão de seis suspeitos de sequestrar e extorquir o gerente da agência dos correios de Itacajá, em novembro de 2018. Isso porque na época uma pessoa foi presa por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, informou o G1 TO.