Da redação

Tiago Santos morreu no local (Foto: Divulgação / Facebook)

Uma tragédia vitimou a vida do jovem Tiago Santos Oliveira, 34 anos. Ele era professor de música e maestro da Liga das Fanfarras e Bandas Capixabas (Lifabanc) e membro da Assembleia de Deus em São Torquato, em Vila Velha (ES).

Tiago morreu em um grave acidente na manhã desta segunda-feira (12), na Rodovia BR-101 na Serra, após colidir sua moto contra um carro na BR-101.

O acidente aconteceu no quilômetro 259,2, da BR-101, na altura do bairro Planalto Serrano. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motociclista em uma Honda CG 150 vermelha seguia para Ibiraçu e trafegava no sentido Vitória x Serra, quando bateu em um Corsa Classic preto, que seguia no sentido Serra x Vitória.

O motorista do Corsa relatou que saiu de Colatina e tinha como destino Cariacica. Ele afirmou que estava trafegando pela faixa da esquerda da pista, no sentido Vitória. Na faixa da direita do mesmo sentido, havia um caminhão e alguns carros atrás dele. O condutor informou que foi fechado por um desses carros que tentou sair de trás do caminhão e, para evitar a colisão, invadiu a contramão da rodovia, atingindo a moto de Tiago.

VEJA TAMBÉM
Temer quer apoio da Assembleia de Deus e da Universal, diz jornalista

Com o impacto da colisão, o motociclista foi arremessado a uma distância de cinco metros do local da batida. Tiago morreu no local e a moto ainda pegou fogo, após o acidente. O trânsito precisou ser parcialmente para o atendimento da ocorrência.

(Com Tribuna)