Redação JM Notícia

A 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE) rejeitou as contas da Câmara Municipal de Palmas do ano de 2014, ano em que a Casa era presidida pelo vereador Major Negreiros. Além dele, outros nove vereadores tiveram as contas rejeitadas.

Negreiros foi multado por conta do pagamento de subsídio feito ao presidente da Casa que era superior ao estabelecido na legislação federal e municipal. Segundo o TCE, Negreiros terá que pagar R$ 60 mil por ter recebido acima do teto enquanto esteve como presidente da Câmara.

Outros nove vereadores que utilizaram a Cota de Atividade Parlamentar (Codap) e não conseguiram comprovar a utilização dos recursos recebidos foram autuados. Eles são: Emerson Coimbra, Joel Borges, Valdemar Júnior, Hiram Gomes, Joaquim Maia, Lúcio Campelo, Waldson da Agesp e Hermes Damaso (já falecido).

O total dos gastos pagos pelo Codap a esses nove vereadores foi de R$ 1.379.983,80, sendo que R$ 40.901,52 não foram justificados devidamente. A decisão do TCE pode ser recorrida.