A competição é realizada pelo Ministério da Educação

Diretores de escolas públicas já podem indicar os melhores textos e documentários produzidos por estudantes para a 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Homenageando a escritora mineira Conceição Evaristo, o tema da competição, que já conta com mais de 170 mil inscrições, é “O Lugar Onde Vivo”. O envio do material deve ser feito pelo site do Programa até segunda-feira (19).

As melhores produções selecionadas por estado participarão dos cinco encontros regionais – um para cada categoria. Nessa edição, além das categorias poema, memórias, crônica e artigo de opinião, o gênero textual documentário foi incluído para alunos do primeiro e segundo ano do ensino médio. Entre as premiações, também passam a incluir imersão pedagógica internacional para os professores e viagem cultural em território brasileiro para os estudantes.

+ Abertas as inscrições para o Diplomacia Civil; prazo termina no dia 25

+ Já me formei pelo Prouni, posso conseguir outra bolsa de estudo pelo programa?

+ Pré-seleção da lista de espera Fies 2019, ocorre até 23 de agosto

VEJA TAMBÉM
"Ensino religioso deve ter natureza não confessional", diz Barroso

As escolas dos alunos vencedores receberão como prêmio um acervo para reforço da biblioteca. A competição é realizada pelo Ministério da Educação, em parceria com a Fundação Itaú Social e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC). O objetivo é contribuir para a melhoria do ensino e da aprendizagem relacionada à leitura e escrita nas escolas de todo país.