Da redação

Safadão Na Praia

Há dois anos, Wesley Safadão decidiu que ia se aposentar em 2020. Mas, segundo ele, um sinal divino o fez continuar a carreira.

Ao Blog do Leo Dias, o forrozeiro contou que em 2017 estava desmotivado. “Chegou um momento que eu coloquei o pé na mesa e disse que só cantaria mais dois anos, que pararia e me aposentadoria em 2020”, revelou.

+ Evangélico, Wesley Safadão diz que ‘não vai parar de fazer sua música por causa da religião’

+ Wesley Safadão cogita virar cantor gospel: “Se Deus quiser”

A decisão já havia sido anunciada para toda a equipe de Safadão. “Saía de casa e não estava feliz. Estava cansado. Conversava com Deus e pedia um sinal”, lembrou. Um dia, durante um culto, o cantor recebeu a resposta que tanto procurava.

“No fim do culto eu falei a ele tudo que sentia, aquela angústia, e ele me disse: ‘Quanto tempo você trabalha?’ Eu respondi que 18 anos. Ele falou: ‘Você trabalha há 18 anos, está plantando há 15 e colhendo somente há três anos e já quer desistir?’ Pastor me aconselhou e desisti”, completou.

VEJA TAMBÉM
Evangélico, Wesley Safadão diz que 'não vai parar de fazer sua música por causa da religião'

Atualmente, o cantor afirma estar mais feliz e não tem planos de se aposentar por enquanto.

(Com Metrópoles)