Geraldo Azevedo é confirmado como atração da quarta noite do 13º Festival Gastronômico de Taquaruçu

O cantor e compositor Geraldo Azevedo é última grande atração musical confirmada na programação do 13º Festival Gastronômico de Palmas. A apresentação vai acontecer no sábado, 07 de setembro, no distrito de Taquaruçu, a partir das 21h, com entrada franca.

Geraldo Azevedo é um dos maiores artistas da música popular brasileira, de forte expressão e contribuição para música nordestina, e promete trazer seus grandes sucessos, como ‘Dia Branco’, ‘Dona da Minha Cabeça’, ‘Moça Bonita’ e ‘Táxi Lunar’.

O Festival Gastronômico é um dos principais eventos gastronômicos da Região Norte. Durante os cinco dias do festival os sabores da culinária tocantinense atraem milhares de pessoas que buscam, a cada edição, experimentar os pratos selecionados, além de prestigiar os shows nacionais, regionais e o artesanato local.

O Cantor

Geraldo Azevedo é compositor, cantor e violonista pernambucano. Iniciou sua trajetória musical, aos 18 anos, quando mudou-se para Recife. Nesta época se juntou ao grupo folclórico intitulado Grupo Construção onde conheceu Teca Calazans, Naná Vasconcelos, Marcelo Melo e Toinho Alves (componentes do Quinteto Violado) iniciando aí toda a sua trajetória musical.

Em 1967, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde trabalhou com a cantora Eliana Pittman. Fundou o Quarteto Livre que acompanhou o cantor Geraldo Vandré em diversas apresentações. No início da década de 70, junto com o também pernambucano Alceu Valença com quem formou dupla.

Depois de sua apresentação, junto com o amigo Alceu Valença, no Festival Universitário da TV Tupi, Geraldo Azevedo teve o convite para gravar seu primeiro disco pela Gravadora Copacabana. Nesse mesmo ano a Copacabana lançou o disco ‘Alceu Valença & Geraldo Azevedo’ marcando a estreia de dois jovens cantores e compositores que se tornaram dois dos maiores nomes da nossa música brasileira.


Participou de alguns importantes projetos coletivos de discos como ‘Asas da América’, ‘Cantoria’ e ‘O Grande Encontro’, além de fazer parte de várias coletâneas. Geraldo Azevedo também é conhecido pelos seus incandescentes frevos (a dança de rua típica do carnaval pernambucano), muitas vezes seus shows se encerram com frevos eletrizantes, como ‘Tempo Tempero’, ‘Pega Fogo Coração’, ‘Tempo Folião’. É esta mistura, aliada a seu violão impecável, que o torna um dos mais conceituados músicos nordestinos.