Da redação

Um pastor do Alabama, cuja filha de 10 anos foi morta em um acidente horrível na sexta-feira passada, resolveu passar por sua dor no púlpito no domingo com uma versão emocionante de “Eu não vou reclamar“.

Ramiah Leonard, 10 anos, morreu às 8h15 no Regional Medical Center depois de se envolver em um acidente de carro no Alabama 21.

+ Pastora é morta a tiros pelo ex-marido enquanto pregava na igreja

Desde a morte de sua filha, Eugene Leonard Jr., que é o pastor sênior da Igreja Life Center em Anniston, tem feito reflexões nas mídias sociais.

Romanos 8:28 (TPT). Portanto, estamos convencidos de que todos os detalhes de nossas vidas são continuamente entrelaçados para se encaixar no plano perfeito de Deus de trazer bem a nossas vidas, pois somos seus amantes que foram chamados para cumprir seu propósito designado. Meu batimento cardíaco agora é meu anjo! ”, Ele compartilhou em sua página no Facebook no sábado.

VEJA TAMBÉM
Pastor comete suicídio, após descoberta de pornografia infantil em seu computador

Quando ele apareceu em seu púlpito para pregar no domingo, ele disse à congregação que estava atraindo força de Deus em sua tragédia.

“Eu acredito que o Senhor tem tudo sob controle. Sou forte, não porque sou forte, sou forte porque me tornei fraca. A Bíblia diz que encontro força quando estou fraco, então Ele é forte. Então, se você quer saber como estou conseguindo, é porque fiquei fraco para que Deus possa ser forte em mim ”, disse ele.

Ele então mergulhou em sua versão de “Não vou reclamar” depois de preparar a igreja para uma mensagem de 1 Pedro 5.

“Eu tive alguns bons dias. Eu tive algumas colinas para escalar. Eu tive alguns dias cansativos e algumas noites sem dormir. Mas quando olho em volta e penso sobre as coisas, todos os meus dias bons superam os meus dias ruins e não vou reclamar ”, ele cantou.