Durante o encontro foram abordados temas como regularização fundiária, impostos municipais, orçamento municipal, agenda de eventos e outros.

A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, esteve reunida com mais de 50 pastores durante encontro da Ordem dos Ministros do Evangelho de Palmas e Tocantins (Omep-TO) nesta terça-feira, 03. O foco da participação da prefeita, Cinthia Ribeiro, foi trazer para os líderes religiosos os desafios da gestão municipal durante um bate papo com os presentes. O encontro aconteceu na sede da Segunda Igreja Batista de Palmas (Sibapa).

“Este encontro é uma oportunidade de falar para estes líderes, que comandam suas comunidades, a realidade do Município. Como nós enfrentamos as situações assim que assumimos e todos os avanços na gestão do município. É importante combater a desinformação fornecendo aos formadores de opinião dados reais, verdadeiros, para que trabalhem com a verdade em defesa do município”, destacou a gestora.

O representante da Ordem dos Ministros do Evangelho de Palmas e Tocantins (Omep-TO), pastor Mauro Estival, ressaltou o papel da prefeita à frente da Prefeitura Municipal e afirmou que o grupo de evangélicos ali reunidos estão dispostos a contribuir com a construção de uma cidade pacífica e com melhor qualidade de vida.

VEJA TAMBÉM
Ministros do TSE detalham mudanças na lei eleitoral, explicam ações e apontam pequena participação da mulher na política

“Orar pelas autoridades é um preceito bíblico. As autoridades, a nossa prefeita, são constituídas para guiar a nossa cidade e, portanto, precisam de oração e fortalecimento espiritual. Nós sabemos que os desafios e as responsabilidades são imensos e por isso buscamos participar e colaborar na construção de uma cidade próspera, desenvolvida e pacífica”, disse o religioso.

Durante o encontro foram abordados temas como regularização fundiária, impostos municipais, orçamento municipal, agenda de eventos e outros.

A prefeita também foi convidada para a Marcha para Jesus que acontecerá dia 21 de setembro em Palmas e reunirá milhares de cristãos.