Da redação JM

Tragédia causou além das mortes e dos feridos, situação difícil para as famílias da igreja. Foto: Reprodução

Os fieis da igreja Assembleia de Deus em Sumbe (Angola) estão passando por momentos difíceis após a tragédia ocorrida no dia 20 de agosto, que vitimou vários fieis que participavam de um culto quando um caminhão desgovernado, que saia de Luanda com destino a Benguela, invadiu o templo.

O acidente provocou a morte imediata de 9 fieis, inclusive crianças e deixou muitos outros feridos.

+ Carreta desgovernada atinge igreja durante culto e mata fiéis; pastor relata tragédia

Há quase 16 anos na liderança da igreja, o pastor Edson Francisco Paschoal, presidente da igreja, tem agradecido a ajuda que tem recebidos de igrejas e fieis, mas ressalta que as famílias da igreja em Sumbe precisam de mais contribuições, pois a situação financeiras destas é de vulnerabilidade e carecem de todo apoio possível.

Agradecemos a Deus pelo returno da Florinda p casa.Hoje ela teve alta. Ela que tb foi uma vítima do acidente. Agradecemos as orações e apoios materiais. @pastorrobertojosedossantos@admissionaryark@juventudeadbrasil@rafaelakucenamission@becalucena@diariodeumafamiliamissionaria@pastorjosemorais@ieadalpe_oficial@oliveiracliffton@dejeadalpetemplocentraloficial

Posted by Edson Francisco Paschoal on Tuesday, September 3, 2019

CONTRIBUIÇÃO

O pastor informou que quem quiser ajudar pode fazer depositando ou transferindo alguma quantia. Para mais informações pode entrar em contato diretamente com o pastor Edson Paschoal pelo whatsapp +244 923 713 060.

VEJA TAMBÉM
Homem ameaça repetir massacre em igreja de Paracatu

Banco do Brasil
Agência: 0002-7
Cc: 14.382-0
CPF: 030.017.634-57
Edson Francisco Paschoal

Uma grande tragédia…

Posted by Edson Francisco Paschoal on Tuesday, August 20, 2019