Da redação

Incêndio de grandes proporções atinge Parque Estadual do Lajeado. Local: TO – 030 – Distrito de Taquaruçu. Palmas – TO Foto: Edu Fortes

Para intensificar o combate às queimadas urbanas e na zona rural, a Prefeitura de Palmas contratou, em caráter excepcional, 20 pessoas que atuarão na linha de frente para diminuir os danos causados pelo fogo, priorizando as áreas de proteção ambiental, parques e áreas verdes. A contratação está publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira, 03 de setembro, por meio do Ato Nº 568.

+ Governo Federal proíbe queimadas no país por 60 dias

+ Tocantins adere à GLO para que Forças Armadas atuem no combate a queimadas no estado

A contratação valerá pelo prazo de três meses, momento em que o período chuvoso terá início. A equipe contratada já possui experiência de campo e conhece bem as particularidades do Cerrado, o que contribuirá para a eficiência e eficácia do trabalho que será exercido por eles.  A Defesa Civil Municipal dará todo o suporte necessário para a equipe.

Fiscalização

Dando continuidade a força tarefa, na manhã desta quarta-feira, 4, a Fundação de Meio Ambiente (FMA), a Guarda Ambiental, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e parceiros iniciaram mais  uma ação de fiscalização para coibir as queimadas. As equipes percorrerão as propriedades rurais do entorno de Taquaruçu com orientações aos moradores e turistas sobre a importância da preservação do Cerrado.

VEJA TAMBÉM
Gastos da Prefeitura de Palmas com decoração de Natal faz MPE e MPC suspenderem licitação

Além disso, os fiscais estão prontos para autuação de qualquer pessoa que seja pega praticando algum crime ambiental. Serão oito grandes regiões que receberão as ações de fiscalização e orientação.