Da redação

No dia, aproximadamente 500 pessoas foram beneficiadas com um café da manhã solidário preparado especialmente pelos voluntários do grupo. Foto: Universal

Pessoas sobrevivendo do que recolhem em lixões a céu aberto, proveniente da falta de tratamento dos resíduos sólidos urbanos. Infelizmente, essa é uma realidade de muitas cidades em países no mundo todo. Em Maputo, capital de Moçambique não é diferente. Em um dos bairros da cidade, Hulene, muitas famílias moram no entorno do lixão e encontram ali sua única fonte de renda.

Pensando em dar suporte a essas pessoas, o grupo Evangelização (EVG) da IURD de Moçambique realizou, recentemente, uma ação inédita no local. O lixão fica a cerca de 7 quilômetros do centro de Maputo.

+ Igreja Universal inaugura megatemplo em Palmas neste domingo, 8

No dia, aproximadamente 500 pessoas foram beneficiadas com um café da manhã solidário preparado especialmente pelos voluntários do grupo.

Segundo o Pastor Paulo Marques, responsável pelo trabalho do grupo em Moçambique, essa ação é uma forma de levar uma palavra de fé e mostrar quão valiosas são aquelas pessoas para Deus.

“O Senhor Jesus nos ensinou a amar ao próximo. Essa é uma forma de poder ajudar essas pessoas, que muitas vezes são criticadas e humilhadas pela sociedade. E, assim podemos levar uma palavra e revelar a fé para elas. Temos uma imensa satisfação em poder ajudá-las”, disse o Pastor.

VEJA TAMBÉM
Perlla tira foto sensual em frente a igreja evangélica e recebe críticas nas redes sociais

Com o propósito de levar conforto, fé e esperança a essas pessoas que enfrentam tantas adversidades no dia a dia, foi feita uma oração por todos presentes. Ademais, durante a ação, ainda foram realizados atendimentos individuais àqueles que vivem e trabalham diariamente no lixão.

(Com Universal/Michele Roza )