Da redação

Governador Mauro Carlesse recepciona presidentes de Juntas Comerciais do Brasil – Aldemar Ribeiro/Governo do Tocantins

Acontece em Palmas desde ontem, 12, o Encontro de Presidentes de Juntas Comerciais do Brasil. As atividades foram coordenadas pela vice-presidente da Federação Nacional das Juntas Comerciais (Fenaju) e presidente da Junta Comercial do Piauí (Jucepi), Alzenir Porto. O vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, participou do evento e deu as boas-vindas aos presidentes. O governador Mauro Carlesse posteriormente também os recepcionou.

+ Em Belém, Carlesse apresenta programa de educação ambiental a governadores e ministros

O Encontro está acontecendo na sala de reuniões do Palácio Araguaia e vai até hoje, 13. A anfitriã do evento, presidente da Junta Comercial do Tocantins (Jucetins), Thais Coelho, destacou a relevância das discussões da reunião. “Encontros como este colaboram muito para o alinhamento estratégico entre os Estados. Para nós da Jucetins é motivo de muita alegria receber um encontro tão importante”, afirmou Thais. 

A vice-presidente da Fenaju, Alzenir Porto, ressaltou que o Encontro mensal de presidentes é importante, pois mudanças acontecem com frequência no que diz respeito ao trabalho das Juntas. “É necessário que estejamos discutindo e que as decisões não sejam isoladas e sim conjuntas. Tudo que vamos fazer precisamos fazer em nome da Fenaju e é importante que nós acompanhemos isso”, frisou Alzenir.

VEJA TAMBÉM
10,7 mil empresas foram abertas no Tocantins nos 8 primeiros meses do ano

Pauta

Na pauta do Encontro os presidentes irão debater tramitações que houver no Congresso, inclusive a reforma do código comercial, informes sobre as reuniões dos comitês temáticos do Fórum Permanente das Micros e Pequenas Empresas, melhorias para o sistema de certificação, propostas de uniformização de procedimentos entre juntas, entre outros assuntos.

Fenaju

A Fenaju é o espaço dos dirigentes das juntas comerciais para debaterem a modernização e a simplificação do registro empresarial no Brasil. Por meio da troca de experiências entre gestores de diferentes estados, a Federação proporciona uma atuação estratégica dos órgãos de registro para incentivar o empreendedorismo.