Da redação JM

Joni Eareckson Tada sob um para-quedas em Murrieta Hot Springs | Cortesia de Joni Eareckson Tada

Joni Eareckson Tada, fundadora e CEO do Joni and Friends International Disability Center, disse que a “primeira coisa” que ela fará no céu com seu novo corpo glorificado é cair de joelhos e oferecer um sacrifício de “louvor paralisado” a Jesus por Sua fidelidade a ela enquanto estava na terra. 

+ Discípulo de Bin Laden se rende a Jesus após testemunho de família crista: “Me apaixonei por Ele”

“Não sabemos como será o céu; só temos um vislumbre e um entendimento vago, mas sabemos que Jesus estará lá ”, disse Tada, uma das mais conhecidas advogadas internacionais de hoje para pessoas com deficiência, ao The Christian Post

“Não sei como tudo vai se encaixar, mas logo antes da ceia das bodas e dos convidados serem chamados, antes de começarmos a festa, quero poder ajoelhar-me aos pés do Senhor e dar a Ele louvor paralisado. É a única maneira de ser capaz de lhe mostrar um verdadeiro sacrifício. ”

O sofrimento, disse Tada, abriu os olhos para a beleza, a glória e a esperança do Céu – algo que ela está ansiosa para experimentar um dia. 

VEJA TAMBÉM
Billy Graham: “Parem de tentar adivinhar quando Jesus irá voltar”

“Aqui em baixo na terra, temos muitas oportunidades para oferecer sacrifícios de louvor, mas no céu, não haverá essa oportunidade”, continuou Tada. “Não haverá chance de sacrifício ou chance de compartilhar o Evangelho ou pedir a salvação de outros. Somente no céu poderei oferecer um sacrifício real, porque, embora seja capaz de desfrutar do meu novo corpo glorificado – que será um presente incrível -, de repente caio de joelhos e não me movo quando é minha alegria e direito de me mover, será minha alegria e um verdadeiro sacrifício. ”