Da redação JM

Marco Feliciano disse que “não é mais possível um Poder Judiciário, que persegue os cristãos e seus símbolos, que despreza 90% da fé da população brasileira”. Foto: Reprodução

O deputado evangélico Marco Feliciano divulgou um vídeo nesta terça-feira (17) criticando o que chama de “perseguição do Poder Judiciário aos cristãos brasileiros”. O caso trata de uma ação movida contra o ex-diretor-geral do Arquivo Nacional José Ricardo Marques, por suposto ato de improbidade.

+ Marco Feliciano não descarta chapa com Bolsonaro em 2022: ‘Estou à disposição’

Aonde vamos chegar? É essa pergunta que me rouba a paz, especialmente quando leio a notícia de que o Poder Judiciário condenou um gestor por improbidade administrativa pelo simples fato de ele ter emprestado um auditório de uma repartição pública para que servidores do órgão utilizassem aquele espaço para leitura da Bíblia no horário do almoço, não era durante o expediente. Isso é uma vergonha!“, criticou Feliciano.

Assista: