Da redação JM

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, foi atacada pelo ex-BBB Jean Wyllys após ter criticado e denunciado uma reportagem que ensinava aborto e a ter classificado como “apologia ao crime” além de ter dado encaminhamento a uma denúncia para acompanhar o caso. Pelo Twitter, a ministra disse ter sido alertada sobre o assunto e que o conteúdo do material pode colocar meninas e mulheres em risco.

+ Evangélico no STF é natural, diz Damares Alves

+ ‘Crime organizado vende estupro de bebês no Brasil’, diz ministra Damares Alves

Uma reportagem da revista “AzMina”, publicada nesta quarta-feira (18), ensina o passo a passo de como fazer um aborto.

Em uma publicação no Twitter da própria revista, ensina-se, abertamente o jeito “correto” de tomar um comprimido abortivo.

Ataque

No Twiiter, o ex-deputado chamou a ministra de criminosa e a atacou por denunciar o crime.