Veja quais os melhores investimentos para quem quer comprar um apartamento

Comprar um apartamento é o sonho de muitos brasileiros. A maneira mais fácil delas é o financiamento imobiliário, que permiti a compra em um longo prazo de pagamento, mas é preciso ter dinheiro para arcar com a entrada e outros custos. Neste artigo, vamos lhe mostrar formas de juntar dinheiro para comprar um imóvel.

Atualmente, os bancos financiam, no máximo, cerca de 80% de um valor de um imóvel. Num exemplo básico, ao comprar um imóvel de R$ 100 mil, o banco financia R$ 80 mil, os outros R$ 20 mil são a entrada, essa parte você precisa ter em mãos para dar entrada no financiamento.

Também é preciso incluir nesta conta, os custos com cartório e possíveis taxas administrativas do banco também devem ser levadas em conta. Geralmente, esses custos devem ficar entre R$ 3 mil e R$ 5 mil. E precisam ser pagos à vista para a realização da operação.

Como já deu para perceber, apesar de ser a melhor forma de obter a casa própria, o financiamento possui seus custos e eles não são baratos. Não há como financiar 100% do valor de um imóvel e nem deixar de arcar com o seu documento.

Então é preciso encontrar maneiras de juntar esse montante e dar sequência ao sonho da casa própria, não é mesmo? Pensando nisso, separamos abaixo alguns dos melhores investimentos para que você possa fazer o seu dinheiro render e assim poder financiar um imóvel no médio prazo.

VEJA TAMBÉM
Índice que reajusta contratos de aluguel sobe 11,09% em um ano

Confira as nossas dicas abaixo:

Tesouro Direto

Investir no tesouro direto é a melhor opção para quem nunca investiu na vida. Os títulos públicos do tesouro são bastante seguros, por isso são considerados investimentos de baixo risco, além disso tem uma boa previsibilidade do valor final que você terá a receber.

Para lhe ajudar a entender como o tesouro direto pode lhe ajudar, vamos fazer duas simulações, utilizando dois títulos distintos. Assim, você pode ter uma idade do montante que você pode conseguir no médio prazo (entre três e seis anos). 

Tesouro Prefixado (médio prazo)

Primeiro, vamos ao exemplo de médio prezo. Digamos que você esteja juntando dinheiro para financiar um imóvel daqui a seis anos. Uma boa opção de tesouro é investir no Tesouro Prefixado 2025, O rendimento desse título paga uma taxa prefixada no momento do investimento e a taxa de inflação do período.

Digamos que você tenha R$ 10 mil guardados e possa investir R$ 500 por mês nesse título. De acordo com a nossa simulação, no vencimento em 2025, você receberia R$ 49.799, 52. Este valor já seria suficiente para financiar imóveis na faixa de R$ 200 mil, por exemplo.

VEJA TAMBÉM
Preço médio do aluguel tem queda de 5,12% em 12 meses

CDBs

A sigla CDB significa Certificado de Depósito Bancário, ele é um investimento de renda fixa feito diretamente com os bancos. De certa maneira, o CDB é semelhante ao tesouro direto, a diferença é que em vez de investir em títulos públicos, você investirá em um título privado.

O ideal para quem está investindo pela primeira vez é procurar por CDBs de bancos menores, pois estes oferecem uma rentabilidade maior e optar por títulos prefixados, para conseguir prever o montante que poderá retirar no futuro.

Outro fator importante para o rendimento é escolher CDBs que rendam mais de 100% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

LCI e LCA

As siglas LCI e LCA significam Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio, respectivamente. Esses são mais dois investimentos de renda fixa, que consistem na emissão de títulos para o financiamento do setor imobiliário e do agronegócio.

Geralmente, esses títulos são oferecidos pelos bancos, que buscam captar recursos para investir e financiar a compra de imóveis e de insumos para o agronegócio. Assim como o CDB, os títulos são emitidos com prazo determinado, dessa forma o investidor recebe o capital investido com juros na data de vencimento.

Todas as três opções de investimentos que citamos no texto são opções de baixo risco, previsibilidade, excelentes para quem está começando a investir e quer ter uma boa rentabilidade no médio prazo.