Da redação JM

Auto-declarada evangélica, a apresentadora Mara Maravilha foi uma das personalidades que foram no começo de setembro à estreia do stand up Mais Preta Que Nunca, estrelado por Preta Gil, no Theatro NET, em São Paulo, porém durante o evento ela causou polêmica na internet.

+ Sem espaço na TV, Mara Maravilha volta a investir no gospel

+ Público evangélico critica Mara Maravilha por desfilar no Carnaval

Mara posou para os fotógrafos e surpreendeu aos que estavam presentes com um cumprimento inusitado, para uma evangélica. Mara e Preta protagonizaram um beijo na boca.

A atitude de Mara gerou muita repercussão na internet. Evangélicos a tem criticado pela falta de respeito com o segmento, uma vez que isso não é aprovado pela conduta cristã, além do mais, esse tipo de ato é usado por artistas seculares como uma forma de declarar oposição ao conservadorismo cristão.