Da redação JM

Evangelista Edson Cardoso, evangelista da AD Ciadseta em Paraíso, deixou coordenação de departamento. Foto: Reprodução

A decisão de mudar o nome do templo sede da igreja Assembleia de Deus Ciadseta em Paraíso do Tocantins gerou debate nas redes sociais e também levou o coordenador de evangelismo da igreja na cidade a entregar o cargo após o que ele chamou de “pequeno mal entendido”. O evangelista Edson Cardoso Barreto divulgou um vídeo explicando o porquê de decidir deixar o cargo e disse que “prefere agradar a Deus e desagradar aos homens”.

Barreto, que não participou da reunião de obreiro onde foi tomada a decisão de alterar o nome para Catedral da Assembleia de Deus de Paraíso do Tocantins, conta que, após tomar ciência do fato, resolveu fazer um simples questionamento em um grupo de ministros em um aplicativo de conversas e que posteriormente o fez também diretamente ao pastor Hilton Dias, líder da AD Ciadseta em Paraíso, mas percebendo que o mesmo não recebeu bem suas indagações tomou a iniciativa de entregar o cargo, porém vai continuar como obreiro no ministério.

Vou continuar, meus irmãos, me esforçando para servir a Deus, para agradar a Deus, independentemente de cargo. Agradeço ao pastor Hilton pela confiança. Lamentamos esse pequeno entendido, mas a Bíblia diz que nossa palavra tem que ser ‘sim, sim, não, não‘”, explicou o evangelista.

VEJA TAMBÉM
Comadetins 2019 divulga lista dos pregadores e cantores; Organização espera 20 mil pessoas
Pastor Vanderson Machado, ex-vereador de Paraíso do Tocantins

Ao JM Notícia, o pastor Vanderson Machado, ex-vereador de Paraíso do Tocantins, afirmou que não concorda com a alteração do nome da instituição: ” É algo que mexe com a nossa história. Vejo isso como desnecessário!

A decisão

A AD Ciadseta em Paraíso, presidida pelo pastor Hilton Dias de Almeida, aprovou no dia 30 de agosto de 2019, em reunião ministerial, alteração no nome da igreja sede que passará a ser chamada Catedral da Assembleia de Deus de Paraíso em substituição à tradicional nomenclatura utilizada há 53 anos.

A informação da mudança foi confirmada ao JM Notícia pelo pastor Paulo Rego, que informou que a aprovação se deu pela maioria dos presentes, o que correspondeu a 95% aproximadamente. A aprovação do nome fantasia da instituição religiosa foi ratificado pela Assembleia Geral no dia 1 de Setembro de 2019 no culto de Santa Ceia.

Ao JM Notícia, o pastor Hilton Dias de Almeida afirmou que foi aprovada a alteração, e que realmente existe alguns questionamentos pela questão de ser chamada Catedral.

Aqui em Paraíso do Tocantins existem algumas igrejas evangélicas que utilizam esse nome, como a Catedral da Quadrangular. Em Brasília, também existe a Catedral da Baleia da CONAMAD, eles acham estranho, mas o nome continua o mesmo, ainda não alteramos nada”, disse Hilton.

VEJA TAMBÉM
Igreja de Paraíso do Tocantins aprova mudança de nome e alteração gera questionamentos
Pastor Hilton Dias de Almeida – Presidente da Assembleia de Deus Ciadseta em Paraíso do Tocantins. Foto: Reprodução

Posteriormente, em nota, a direção explicou a mudança: “A mudança não ocorreu no nome da igreja, que continua a se chamar IGREJA EVANGELICA ASSEMBLEIA DE DEUS e o nome fantasia continua Assembleia de Deus. O que ocorreu foi uma mudança no nome do TEMPLO CENTRAL, como é conhecido a igreja Matriz ou Sede da AD, que passa a se chamar CATEDRAL DAS ADs DE PARAISO. Informo também que a mudança foi aprovada em reunião ministerial, mas ainda não foi apresentada em Assembleia Geral, o que deve ocorrer na AGO do dia 31 de dezembro próximo”, diz o texto assinado pelo pastor Hilton Dias.

Redes Sociais

Nas redes sociais, porém, alguns evangélicos questionam a mudança do nome:

Para o pastor Rui Amaral o nome “CATEDRAL VEM DE CÁTEDRA, CADEIRA ORIUNDO DO LATIM CATHEDRA fazendo referência e destaque a CADEIRA DO BISPO, portanto, sou contrário a essa ideia, pois, PASTOR não é o maior, e sim o menor, pronto a servir e não ser servido, a cadeira de destaque continua sendo do mestre amado!”