Da redação

Em sua fala o parlamentar defendeu os pescadores profissionais por serem respeitosos com fauna aquática e atentos à legislação

Na tarde desta quarta-feira, 09, o Vereador Hélio Santana (PV), participou de uma reunião pública que discutiu as atividades da aquicultura, piscicultura, e proteção da fauna aquática no município. Realizada através da Comissão de Administração Pública, Urbanismo e Infraestrutura.

Na oportunidade, Santana fez uso da tribuna e cumprimentou os representante da aquicultura e piscicultura que se faziam presentes e demostrou a sua satisfação de participar de uma reunião publica onde continha diversos representantes de uma classe familiarizada ao parlamentar, tendo em vista que o mesmo e pescador e filho de pescador.

Em sua fala, o parlamentar defendeu os pecadores profissionais por serem respeitosos com fauna aquática e pelos os mesmos dependerem em apenas um salario mínimo que e o seguro-Defeso para se sustentarem no período de defeso. O parlamentar também lamentou a posição de outro parlamentar que usou a tribuna há tempos atrás, para denegrir a imagem dos pescadores profissionais, citando que os mesmo eram culpados pela escassez de peixes no lago e ate mesmo a utilização de bombas e explosivos.

VEJA TAMBÉM
Vereador Hélio Santana realiza entrega de materiais esportivos a time da capital

+ Vereador Hélio Santana participa de entrega de caminhão e equipamentos

Durante sua fala o parlamentar lamentou as dificuldades que o pescador encontra quando quer produzir através de tanque de rede e tanque escalado e não conseguem a licença ambiental pela burocracia e leis do pais. 

Na ocasião, foi debatido também a Lei Complementar nº 121, de 15 de março de 2019, que altera a Lei Complementar nº 13 de 18 de julho de 1997, que dispõe sobre a regulamentação das atividades de pesca, aquicultura, piscicultura, proteção da fauna aquática, incentivando a pesca esportiva em Palmas.

Períodos de defeso

Defeso é uma medida que visa proteger os organismos aquáticos durante as fases mais críticas de seus ciclos de vida, como a época de sua reprodução ou ainda de seu maior crescimento. Dessa forma, o período de defeso favorece a sustentabilidade do uso dos estoques pesqueiros e evita a pesca quando os peixes estão mais vulneráveis à captura, por estarem reunidos em cardumes.

Seguro-Defeso

O Seguro-Defeso Pescador Artesanal, é um benefício exclusivo do profissional que tem como única fonte de renda a atividade (lei nº 10.779/2003). Em época de reprodução de espécies aquáticas, a pesca é interditada em certas regiões — o chamado período de defeso