Da redação JM

O arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, criticou o “dragão do tradicionalismo” e disse que a “direita é violenta e injusta” durante a missa solene do Dia da Padroeira no Santuário Nacional, maior templo católico do país.

Ele também criticou a corrupção, defendeu a preservação da natureza e pediu para que crianças não morram mais vítimas de bala perdida.

Malafaia, líder evangélico respeitado no país, rebateu: