Primeiro centro de massagens com realidade virtual do mundo abre em Los Angeles

O Esqapes Immersive Relaxation, um centro de relaxamento inaugurado em Los Angeles, oferece aos seus clientes um serviço inovador e ousado: desfrutar de uma massagem em um local paradisíaco e tranquilo sem sequer deixar as facilidades do centro. Para isso, é utilizada uma técnica que reúne massagem e Realidade Virtual (RV), ramo tecnológico que cresce cada vez mais.

A experiência oferecida pelo centro é mais uma prova de como a tecnologia é um facilitador em nossas vidas, tornando possível que tenhamos experiências não rotineiras sem ir muito longe. Afinal, não são todos os dias em que podemos visitar locais paradisíacos para relaxar.

Ainda que as massagens em realidade virtual não estejam disponíveis para nós, brasileiros, é possível usufruir de outros meios de relaxamento proporcionados pela tecnologia. Um exemplo bastante acessível são as plataformas de jogos online, que contam com opções diversas para quem quer aproveitar seu tempo livre, como as salas de bingo virtual. Basta aproveitar e relaxar.

Experiência multissensorial

Além das paisagens arrebatadoras projetadas por meio da RV, o local também oferece diferentes estímulos aos vários sentidos do corpo humano, proporcionando uma experiência multissensorial única.

A massagem não é realizada por humanos, mas sim em uma cadeira de massagem especial. O cliente deve simplesmente sentar nela, colocar o headset VR e selecionar a paisagem para a qual quer ser transportado. Durante a sessão, também são liberados odores suaves na sala ajudando na climatização – como o cheiro da vegetação, por exemplo.

Ao todo, é possível selecionar um entre dez cenários disponíveis: jardim de palácio asiático, refúgio tropical, sauna, suíte em cânion, praia no pôr-do-sol, cabine na neve, crepúsculo marroquino, jardim celestial, SPA desértico e jardim com cerejeiras.

O Esqapes foi inaugurado em Los Angeles e julho deste ano. Até o momento, não há previsão para a abertura de outras unidades do centro de relaxamento que combina massagem e realidade virtual.

Apesar de bastante convidativo, o preço pela experiência é um tanto quanto salgado: US$ 45 por 30 minutos de massagem.

A Realidade Virtual já é parte integrante da nossa rotina

A Realidade Virtual se torna cada vez mais presente em nossas vidas. Já existem diversos jogos que fazem uso dessa tecnologia, existindo até mesmo opções de baixo custo. Agora, uma nova experiência se aproxima: uma rede social construída em RV, o Facebook Horizon.

O Facebook Horizon está projetado para ser um espaço virtual para os usuários dos óculos de RV de hoje em dia. Anunciada por Mark Zuckerberg, presidente executivo do Facebook, a nova rede está prevista para chegar ao mercado em fase de testes já em 2020. Será possível interagir, bater papo, jogar e até mesmo criar os seus próprios mundos. O anúncio foi realizado na abertura da Oculus Connect, evento de realidade virtual realizado em San Jose, nos Estados Unidos.

De acordo com Zuckerberg, o principal intuito deste novo projeto é que o usuário desfrute de um ambiente em que se sinta “confortável” para se expressar. De acordo com ele, a experiência contará com “avatares diversos e ferramentas sociais do Facebook, em um local seguro e convidativo para todo mundo”.

Já o diretor de produto de experiência em RV no Facebook, Eric Romo, conta que o Facebook Horizon será completamente gratuito. A ideia, segundo ele, é elaborar um espaço comunitário de criação, sem pensar em monetização. “Acreditamos que nem tudo precisa ficar dentro do Horizon: desenvolvedores que quiserem criar seus próprios jogos podem continuar a vendê-los na loja de apps da Oculus”, afirmou o executivo.

Para Romo, outro grande ganho trazido pela nova rede social será a possibilidade de novas formas de socialização.

“Hoje, quando você fala com um amigo à distância, pode só digitar ou mandar fotos, mas não há uma atividade que te una a ele como na vida real – como caminhar, jantar ou ver um jogo de basquete juntos. O Facebook Horizon quer permitir isso para as pessoas a quilômetros de distância”, explicou.

Outro anúncio importante realizado pelo Facebook este ano foi o do lançamento de uma moeda digital própria, a Libra.