Da redação JM

Robert Francis “Beto” O’Rourke é pré-candidato nas eleições para a presidência no próximo ano. Foto: Reprodução

A situação para igrejas e entidades ligadas à elas nos EUA pode vir a ser agravada caso o projeto de poder de certos democratas e uma multidão de ativistas LGBT venha ter êxito nas próximas eleições do país. Matéria da CBN destacada que eles estão determinados a fechar todas as igrejas evangélicas nos Estados Unidos e silenciar qualquer cristão que se atreve a manter sua agenda.

Na semana passada, informa a rede cristã, Robert O’Rourke, democrata pré-candidato à presidência dos Estados Unidos, anunciou em um programa da CNN que, se eleito, revogaria o status de isenção de impostos de qualquer igreja cristã, centro educacional ou instituição de caridade que se oponha ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Don Lemon fez a O’Rourke a pergunta em branco: “Você acha que instituições religiosas, como escolas, igrejas e instituições de caridade, deveriam perder seu status de isenção de impostos se se opuserem ao casamento entre pessoas do mesmo sexo?”

“Sim”, respondeu o candidato presidencial democrata aos aplausos da multidão intolerante. “Não pode haver recompensa, benefício ou isenção de imposto para qualquer pessoa ou instituição: qualquer organização nos Estados Unidos que negue todos os direitos humanos e direitos civis dos cada um de nós”.

VEJA TAMBÉM
Bolsonaro e Bush se encontram nesta quarta-feira nos EUA

O’Rourke prometeu fazer da repressão em todo o país contra as igrejas uma das principais prioridades de seu governo.

“Vamos parar aqueles que violam os direitos humanos de nossos concidadãos”, disse ele.

Kelly Shackelford, presidente do First Liberty Institute , disse a ToddStarnes.com que eles estão prontos para defender qualquer igreja, ministério ou outra instituição religiosa que seja atacada pelos democratas.

“O’Rourke ameaçou despir as igrejas de seu estado isento de impostos simplesmente seguindo milhares de anos de doutrina religiosa”, disse Shackelford.

Vamos entender o que O’Rourke sugere. Sob sua ameaça, a Associação Evangelística Billy Graham e as igrejas católicas perderiam seu status de isenção de impostos. Escolas como a Liberty University e a Truett McConnell University estariam sujeitas a todos os tipos de mandatos governamentais. E muitas instituições de caridade cristãs como a Bolsa do Samaritano e o Exército da Salvação seriam forçadas a se tornar contribuintes.

“A ameaça de O’Rourke é uma afronta direta à garantia constitucional da liberdade religiosa”, afirmou Shackelford. “No caso de ele, ou qualquer futuro presidente, tentar violar a Constituição dessa maneira, a First Freedom será mais uma vez a primeira na luta para defender a liberdade religiosa”.