Da redação

O presbítero Éder partiu para o Senhor após luta contra o lúpus. Foto: Reprodução

Morreu em Porto Velho na última sexta-feira (18), o presbítero da Assembleia de Deus Madureira, Éder José Souza, de 32 anos. Ele foi vítima de Lúpus, uma doença autoimune que derruba o sistema imunológico.

Segundo o site local RondoniaaoVivo, Éder viu a doença piorar nos últimos dois meses, após ter sido picado por um mosquito. Algo que para a maioria das pessoas poderia ser simples, para uma vítima de Lúpus a picada de um mosquito pode ser fatal.

No caso do pastor, acabou se tornando uma infecção generalizada, que o levou para a internação do hospital João Paulo II em agosto desse ano.

Ele acabou perdendo uma perna por conta da infecção generalizada, que precisou ser amputada.

O enterro do pastor, sob forte comoção, aconteceu no último sábado (19). O velório foi na Assembleia de Deus. Éder tinha 38 anos de idade, era casado e pai de três de filhos.