Exame para Pessoas Privadas de Liberdade conta com mais de 40 mil inscritos

O Exame Nacional do Ensino Médio para adultos que cumprem Penas Privativas de Liberdade e Jovens sob medidas socioeducativas (Enem PPL) alcançou a marca de mais de 40 mil inscritos. As provas vão ser realizadas nos dias 10 e 11 de dezembro. O estado de São Paulo registrou 15.826 dos 46.163 mil inscritos no exame neste ano.

Em cada unidade prisional ou socioeducativa existe um responsável pedagógico que realiza e acompanha as inscrições, além de cuidar de outros processos referentes à realização do exame. Ele também terá acesso aos resultados obtidos pelos participantes e pleiteará seu acesso no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e em outros programas de educação superior.

Sobre o PPL

O exame é constituído de redação e quatro provas objetivas com 45 questões de múltipla escolha. No primeiro dia serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. Neste dia, a aplicação terá cinco horas e meia de duração. Já no segundo momento, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática cuja aplicação terá cinco horas de duração.

Os participantes do Enem PPL que já concluíram ou concluirão o ensino médio ainda este ano poderão utilizar o desempenho no exame para acesso à educação superior. Já os participantes que não estejam cursando ou não concluirão o ensino médio no ano letivo de 2019 só poderão utilizar os resultados individuais no exame para auto avaliação de conhecimentos.

*Matéria produzida com informações do Inep

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here