Redação JM Notícia

Michael Brown é escritor e radialista nos EUA

Nesta quinta-feira (31), muitas meninas em todo o país se vestirão de bruxas para o Halloween.

Pela proximidade da data, o escritor Michael Brown foi entrevistado pela CBN Newswatch para falar sobre o aumento da bruxaria nos Estados Unidos.

Segundo ele, o rápido aumento da bruxaria é muito real e assustador. Em seu novo livro intitulado “Guerra de Jezabel com a América: o plano para destruir nosso país e o que podemos fazer para mudar a maré”, Brown diz que o espírito da rainha Jezabel, uma mulher incrivelmente má e controlada por demônios da Bíblia, ainda está operando na América hoje e é evidente através do rápido aumento da bruxaria e feitiçaria em todo o país.

Enquanto pesquisava o livro, Brown, fundador e presidente do AskDrBrown Ministries e presidente da FIRE School of Ministry, encontrou várias manchetes sobre bruxaria na América moderna.

Entre elas: “A população de bruxas dos EUA viu um aumento astronômico”, “A religião que mais cresce na América é a bruxaria”, “Relatório: Feitiçaria subindo nos EUA com o declínio do cristianismo”, e outros.

VEJA TAMBÉM
Sudão quer erradicar o cristianismo no país

Brown cita vários exemplos de como o espírito de Jezabel, a mulher conhecida por suas feitiçarias e bruxaria em 2 Reis do Antigo Testamento da Bíblia está prosperando na América, incluindo: Nosso afastamento do único Deus verdadeiro depois dos ídolos, O espírito militante, matador de crianças, feminismo radical, O aumento maciço da pornografia e da imoralidade, O movimento agressivo LGBT e O repentino aumento da bruxaria.

“Há Jezabel, a mulher, esposa de Acabe e filha de um rei pagão”, escreve Brown. “Essa mulher está morta há muito tempo. E existe Jezabel, o espírito, ou seja, o poder demoníaco que agia através dela e através do seu homólogo do Novo Testamento. Quase mil anos após a morte de Jezabel, o próprio Jesus se referiu a ela novamente: ‘Mas eu tenho algumas coisas contra você: você permite que a mulher Jezabel, que se diz profetisa, ensine e seduza Meus servos a cometer imoralidade sexual e comer alimentos sacrificados aos ídolos (Apocalipse 2:20 MEV).”

O autor continua: “E a ascensão da bruxaria na América tem o nome de Jezebel escrito por toda parte – em todas as letras maiúsculas, de forma ousada e clara”, disse Brown. “Os pontos estão todos conectados. A imagem está lá para ver. A rainha de Ahab continua viva.”

VEJA TAMBÉM
Devemos ver a luta contra o racismo como uma batalha espiritual

“Enquanto pesquisava a Guerra de Jezabel contra a América, fiquei surpreso ao saber que entre os Millennials há mais bruxas que presbiterianos”, disse ele durante uma entrevista ao Newswatch da CBN na segunda-feira. “Não podemos ignorar o que está acontecendo espiritualmente”.