Da redação

O requerimento foi apresentado na sessão desta terça, 29, e pede que a Assembleia Legislativa, por meio de comissão especial, discuta junto com o Instituto de Pesos e Medidas do Tocantins, a promoção de investigações, vistorias e inspeções no velocímetro por turbina (hidrômetro) em municípios atendidos pela BRK Ambiental.

+ “Essa cobrança absurda precisa parar”, reivindica Vanda Monteiro durante audiência sobre a BRK

“Essa é uma demanda que surgiu na audiência pública que debateu a cobrança das contas de água e taxa de esgoto nos municípios atendidos pela BRK Ambiental. É inadmissível que contas de R$ 100 subam para R$ 600”, protestou Vanda Monteiro.

O requerimento pede que sejam feitas fiscalizações por amostragem nos municípios de Palmas, Porto Nacional, Gurupi, Araguaína e Paraíso do Tocantins.