Da redação

Nesta quinta-feira, 7, na tribuna da Câmara de Palmas, o vereador Filipe Martins (PSC) repercutiu  a saída da presidente da Agência Tocantinense de Regulação (ATR), Juliana Matos. Ela entregou o cargo nesta quarta-feira, 6, ao governador Mauro Carlesse (DEM). 

Além da presidente da ATR, também entregou sua carta de exoneração nesta quarta o secretário da Indústria, Comércio e Serviços, Ridoval Chiareloto.

+ Vereador Filipe Martins reafirma compromisso de fiscalizar cobranças abusivas

Na semana passada, Filipe Martins criticou a atuação da presidente da ATR e denunciou que a mesma era funcionária cedida pela Companhia de Abastecimento de Água de Goiás (Saneago), “com um alto custo mensal para o Estado, valor que daria para pagar quase um ano de salário de qualquer outro secretário estadual”.

“Fico muito feliz com essa notícia hoje. Ela pediu pra sair, não aguentou os questionamentos sobre os 10m³ da tarifa mínima, tarifa de esgoto exorbitante e alteração da nomenclaturas da taxa de cobrança das igrejas. Mais uma garimpeira que volta pro Goiás. Temos responsabilidade com a verdade e as cobranças desse parlamento estão dando resultado”, comentou.