Da redação

Na tarde da última segunda-feira, 11, o Vereador Hélio Santana (PV), participou do lançamento do programa ‘MudaClima’ na Avenida NS-04, ao lado do Parque dos Povos Indígenas. O programa tem como objetivo o plantio de 30 mil mudas de árvores, em alusão aos 30 anos de Palmas.

Na ocasião, a prefeita fez a assinatura do projeto de lei que nomeia o trecho duplicado da NS-04, que é a lateral ao Parque dos Povos Indígenas e toda a área no entorno, como Circuito Ecológico J. Bulhões. Trata-se de uma justa homenagem ao cantor e compositor tocantinense J. Bulhões falecido em 30 de maio deste ano.

+ Vereador Hélio Santana comemora junto a população a pavimentação asfáltica da rua Maringa

A obra da Avenida NS-04, entre a LO-04 e LO-08, já aberta ao tráfego, garantiu nova ligação do Centro da Capital com as quadras da região Nordeste do Plano Diretor. Execução feita diretamente pela Administração Municipal.

“Quero parabenizar a prefeita Cinthia Ribeiro e as pastas do município pelo lançamento do programa MudaClima, que trará relevantes benefícios a saúde, e a qualidade de vida do cidadão palmense. Durante toda a programação serão plantadas 30 mil árvores e pretendo indicar em nome do meu gabinete, uma localidade para fazer um plantio, pois a preservação do meio ambiente começa de gestos como este.” Afirmou o vereador.

VEJA TAMBÉM
Hélio Santana solicita mudança na escolaridade da Guarda Metropolitana

Mais verde

O programa ‘MudaClima’ será apresentado à comunidade e parceiros da Prefeitura a fim de reforçar a adesão de Palmas à meta 13 dos ‘Objetivos de Desenvolvimento Sustentável’, propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU), que trata do Combate às Alterações Climáticas.

O ‘MudaClima’ tem como meta o plantio de 30 mil mudas de árvores em Palmas até março de 2020 para ampliação de áreas arborizadas de Palmas e recuperação de áreas degradadas.

Além de dar continuidade a ações anteriores do Município, em que eram realizados plantios em canteiros e áreas verdes, o ‘MudaClima’ fará a arborização de áreas e equipamentos públicos de uma mesma região, incluindo avenidas, áreas públicas e arredores de equipamentos públicos, quadras vizinhas, incluindo, assim praças, escolas, postos de saúde e outros espaços vizinhos às avenidas e áreas que serão atendidas pelo programa.

O programa será executado pela Prefeitura de Palmas, por meio da Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA), Instituto de Planejamento Urbano de Palmas (Ipup) e Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp).