Da redação JM

“Depois do culto, o rapaz se acalmou e ainda lanchou conosco. Vamos tentar ajudá-lo, com certeza”, disse o pastor. Foto: Reprodução

Viralizou a foto em que um morador de rua está deitado no colo de um senhor durante um culto evangélico. Ele apareceu desorientado dentro no templo, foi acolhido por um fiel e imagens que mostram os dois ganharam as redes sociais. O caso ocorreu durante um culto no dia 4 de novembro, em Taubaté (SP). Em entrevista ao site BHAZ, o responsável pela boa ação, a pessoa que tirou as fotos e o pastor da igreja, falaram um pouco mais da história.

+ Ex-pastor que virou morador de rua vive transformação: “Deus liberta”

+ Morador de rua aceita a Cristo e tem sua história transformada

“O culto estava acontecendo de uma forma normal, como todas as segundas-feiras. De repente entrou esse moço um pouco desorientado, bem agitado mesmo. Eu e mais alguns outros membros ficamos olhando desconfiados, discriminando o jeito como ele chegou”, explica o funcionário público Cleberson Santos, responsável por tirar as fotos na Igreja Evangélica Assembléia de Deus, no bairro Três Marias, e publicá-las no Facebook.

VEJA TAMBÉM
Nenhum evangélico ou católico é mais honesto do que eu, afirma Lula

Após ver a cena, o motorista de aplicativo Orlando dos Santos Baptista, de 65 anos, pai de quatro filhas, resolveu intervir para tentar acalmá-lo. “Ele pediu um copo de água, depois pediu uns biscoitos para comer e pediu mais água. Prontamente atendi seus pedidos e fui conversar com ele”, explica.

Depois de se alimentar, o rapaz de 25 anos, ainda não identificado, fez um outro pedido. “Ele virou e me falou: ‘Posso deitar no seu colo?’. Eu deixei no mesmo momento. Ele me chamou de pai, me emocionei muito nesse momento. Vi que ele começou a chorar. Aí comecei a acariciar a cabeça dele e ele acabou dormindo no meu colo, por uns 15 minutos”, conta o motorista emocionado.

“Me senti gratificado por poder ter feito algo, mesmo que pequeno, para ele naquela hora. Eu já tinha visto ele outras vezes pela cidade, mas não o conheço. Foi algo de Deus, que me colocou nesse dia na igreja para dar esse apoio. Conversei com ele durante um tempo, para tentar entendê-lo. Falei para ele que está faltando amor no mundo”, continua.

VEJA TAMBÉM
Evangélico é brutalmente assassinado na Paraíba

Igreja quer ajudá-lo

Depois de ser acolhido, o morador de rua deixou o local e não foi mais visto na igreja. Até o momento, o que se sabe é que o jovem vive nas ruas de Taubaté e não tem família. Segundo membros da igreja, ele parece apresentar transtornos mentais e já foi visto em outros momentos pelo bairro.

“Pretendemos encontrar com ele novamente e ajudá-lo. Ainda não sabemos o seu nome, sua história, nada. Foi um momento muito especial que vivi e quero fazer mais”, completa Orlando.

Realizando o culto, o pastor Vanderlei Almeida viu toda a cena. “Eu estava ministrando a palavra, era uma noite de oração e estudo. Vi a boa ação feita pelo irmão, algo realmente de Deus. Depois do culto, o rapaz se acalmou e ainda lanchou conosco. Vamos tentar ajudá-lo, com certeza”, diz.