Estudantes de baixa renda podem estudar nos Estados Unidos de graça; saiba como

O Programa Oportunidades Acadêmicas abre, nesta terça-feira (19), as inscrições para estudantes brasileiros do ensino médio concorrerem a bolsas de estudos para graduação nos Estados Unidos. A oportunidade é dada há 13 anos pelo EducationUSA – órgão oficial do governo norte-americano. O prazo para a candidatura vai até 13 de janeiro de 2020.

O programa é exclusivo para estudantes de baixa renda, mas que tenham desempenho em seus colégios acima da média e que apresentem um diferencial em relação aos demais alunos. Nos 13 anos de existência mais de 300 estudantes brasileiros foram beneficiados com a oportunidade, embora nem todos tenham conseguido bolsa integral.

Para candidatar-se, o estudante interessado deve preencher um formulário online em inglês no site, e enviar documentos que comprovem seu bom desempenho acadêmico, além de outros relativos à condição financeira da família. Em geral, as atividades começam em março de 2020 e se estendem até janeiro do ano seguinte.

Os selecionados têm todas as despesas relacionadas à candidatura pagas, incluindo material de estudo para testes, visto, acomodação para a realização das provas, alimentação e transporte para deslocamentos de cidades do interior para capitais onde há centros aplicadores de provas do programa no Brasil, além de isenção de várias taxas referentes ao envio de documentos de aplicação e tradução de documentos acadêmicos e provas SAT/ACT, Subject Test e TOEFL/IELTS.

VEJA TAMBÉM
Prazo para concluir inscrição do Fies 2019 foi prorrogado até 12 de abril

Os estudantes de baixa renda já graduados que quiserem fazer pós-graduação, mestrado ou doutorado nos Estados Unidos também são contemplados pelo programa, passando pelo mesmo processo que os alunos do ensino médio. Para esse perfil, as inscrições serão abertas até o final do ano. A data, contudo, ainda não foi definida.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil