Da redação

“Essa foi a primeira de uma série de delegacias que vamos implantar no Tocantins. A Assembleia Legislativa esta empenhada no combate a violência”, destacou

Lembrado em 25 de novembro, o Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher marca as ações de conscientização e combate a todas as formas de violência.

Na Assembleia Legislativa, a Deputada Estadual Vanda Monteiro desenvolve um trabalho voltado para a garantia de direitos e proteção das mulheres no Tocantins.

+ Projeto de Vanda Monteiro vira lei no Tocantins; mulheres terão folga anual para realização de exames preventivos

“Projetos de lei que garantem às vítimas de violência prioridade no atendimento para vagas de emprego e cursos profissionalizantes tramitam na Assembleia e estamos confiantes na aprovação”.

A deputada ainda lembrou toda a luta para a implantação da Delegacia 24 horas da Mulher em Palmas.

“Essa foi a primeira de uma série de delegacias que vamos implantar no Tocantins. A Assembleia Legislativa esta empenhada no combate a violência”.

Pra a Deam 24 horas de Palmas, Vanda Monteiro destinou R$ 140 mil para a compra de uma viatura.

Saiba Mais

No dia 25 de novembro de 1960, as irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas”, foram brutalmente assassinadas pelo ditador Rafael Leônidas Trujillo, da República Dominicana. As três combatiam fortemente aquela ditadura e pagaram com a própria vida. Seus corpos foram encontrados no fundo de um precipício, estrangulados, com os ossos quebrados. As mortes repercutiram, causando grande comoção no país. Pouco tempo depois, o ditador foi assassinado.

Em 1999, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas instituiu 25 de novembro como o Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher, em homenagem às “Mariposas”. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here