Da redação JM

O pastor e os fiéis, entre os quais algumas crianças – foram executados a sangue frio por cerca de uma dúzia de terroristas fortemente armados / Foto: Fundação ACN

Pelo menos 14 cristãos foram executados por um grupo jihadista durante o culto que estava a decorrer ontem, domingo (01), numa igreja protestante no leste do Burkina Faso.

O ataque ocorreu em Hantoukoura e foi sido executado por um dos  vários grupos jihadistas que operam na região.

+ Quatro cristãos são executados no norte de Burkina Faso por usarem cruz

Segundo a agência France Press, os cristãos – o pastor e os fiéis, entre os quais algumas crianças – foram “executados” a sangue frio por cerca de uma dúzia de terroristas fortemente armados.

Entretanto, as forças da ordem lançaram uma operação com vista à captura dos responsáveis pelo massacre.

Tem crescido, nos últimos tempos, a violência contra as comunidades cristãs no Burkina Faso.