Da redação

Eduardo do Dertins e Ivory de Lira pediram para deixar cargos no governo — Foto: Divulgação

Eduardo do Dertins (PPS) e Ivory de Lira (PPL), secretários extraordinários da equipe de Mauro Carlesse (DEM), deixam o Governo após pedirem demissão dos seus cargos no primeiro escalão do governo nesta segunda-feira (2). Eles não ocupam mais pastas no Poder Executivo e devem voltar a exercer os cargos de deputados estaduais na Assembleia Legislativa.

A portaria de exoneração foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira, 02.

+ Deputados deixam Assembleia para assumir cargos no governo de Carlesse

Eles cuidavam, respectivamente, das pastas de políticas de governo descentralizadas e de assuntos parlamentares. Não foram nomeados substitutos. As duas secretarias são extraordinárias e podem ser extintas sem a necessidade de uma reforma administrativa.

Os motivos das saídas dos dois ainda não foram divulgados. Com as mudanças, saem da composição da Assembleia Legislativa os dois suplentes que atuavam na ausência dos titulares: Ivan Vaqueiro (PPS) e Delegado Rerisson (DC).