Da redação

“A obrigatoriedade será para locais públicos e privados. Nossa meta é dar a essas pessoas igualdade de atendimento”.

Na manhã desta quinta-feira, 5, a deputada estadual Vanda Monteiro (PSL) apresentou um projeto de lei que dispõe sobre a utilização e inserção do símbolo da Pessoa com Visão Monocular, nas placas indicativas de atendimento prioritário. A parlamentar explicou que a proposta pretende garantir direitos iguais às pessoas que possuem essa dificuldade na visão.

“A obrigatoriedade será para locais públicos e privados. Nossa meta é dar a essas pessoas igualdade de atendimento”.

+ Vanda Monteiro propõe criação da Identidade da Pessoa com Deficiência no TO

Ainda de acordo com o projeto, fica proibido a utilização do “Símbolo da Visão Monocular”, para outras finalidades que não seja a de identificar, assinalar ou indicar local ou serviço habilitado ao uso de pessoas com deficiência visual monocular.

Entenda

Visão Monocular é caracterizada pela ausência total da visão em um dos olhos. Além disto, algumas pessoas ainda apresentam redução da capacidade no único olho em atividade.