Evento para entrega das chaves do Residencial Primavera Norte (Barros 1) foi realizado neste sábado, 7, e contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto

A aposentada Maria Amélia da Silva recebeu as chaves da casa própria aos 70 anos de idade. Ela é um exemplo entre as 500 famílias, em vulnerabilidade, que foram beneficiadas com o Residencial Primavera Norte (Barros 1). A entrega foi realizada neste sábado, 7, com presença do prefeito Ronaldo Dimas, do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, do superintendente nacional de Habitação da Caixa Econômica Federal, Rodrigo Wermelinger, e outras autoridades.

“É uma paz que eu recebo. Morei de favor minha vida toda, mesmo que na casa de meu pai. Eu fiquei muito emocionada e espero mudar logo para já passar o Natal deste ano em casa”, contou a aposentada. A residência para qual foi sorteada fica bem em frente a praça do setor, que conta com estacionamento e academia ao ar livre.

Em Araguaína, já são 6.151 casas entregues ou em construção. “Aqui em Araguaína a gente está muito bem. Já estamos com 80% do déficit cumprido, muito fruto do esforço do prefeito e também do Governo Federal”, afirmou o ministro do Desenvolvimento Regional.

O ministro ainda agradeceu a parceria e anunciou que o Programa Minha Casa Minha Vida terá continuidade. “O Programa está sendo reformulado. A gente precisa dessa parceria e o prefeito Ronaldo é um exemplo disto, também o senador Eduardo Gomes, um defensor do Tocantins. Então esta associação precisa estar alinhada, se a gente jogar junto, sempre vai dar vitória”, completou.

Busca também pela qualidade
Para o prefeito, este é o melhor residencial construído durante sua gestão, com infraestrutura, acessibilidade e materiais com padrão de excelência. “É o bairro que mais me orgulha. Foi feito dentro dos melhores padrões de construção que a gente tem exigido ao longo desses anos. As casas foram as mais bem construídas e ruas com pavimentação de qualidade em CBUQ”, afirmou Dimas.

A excelência é confirmada pelo superintende da Caixa, que explicou sobre a participação direta do Município na construção do empreendimento. “Dimas ajudou na alteração da especificação, exigia da construtora um melhor acabamento. Isto a Caixa também faz, mas quando tem a entidade pública acompanhando de perto, que conhece da obra, a gente consegue entregar melhor qualidade”.

Capital da Habitação no Tocantins
São mais de 21 mil pessoas beneficiadas pelo maior programa habitacional do Tocantins. A construção do residencial Primavera Norte foi viabilizada por meio de parceria da Prefeitura com o Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM) e Caixa Econômica Federal (CEF). Parceria que esteve presente também nas 36 unidades do Residencial Irmã Dorothy.

Além desses, o Residencial Lago Azul conta com 2.530 casas entregues. No Costa Esmeralda e Construindo Sonhos, mais de 2.204 famílias já moram com infraestrutura de qualidade. Já no Parque do Lago, o primeiro módulo já foi entregue com 440 casas e o segundo com 441 está em construção. 


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here