Da redação JM

Pastores, políticos, jornalistas e demais autoridades evangélicas repudiam zombaria do Porta dos Fundos com os cristãos. Foto: Edição JM

“Não é tolerável o desrespeito que esses pseudo-humoristas fazem com os cristãos ao zombarem da imagem de Jesus e de seus discípulos. Repudiamos veementemente e pedimos aos cristãos e a todos que se sentiram desrespeitados que boicotem a Netflix e denunciem os vídeos do canal no YouTube”, afirma o jornalista cristão Ricardo Costa, editor-chefe do portal JM Notícia.

Ele e outros líderes evangélicos foram às redes sociais manifestar repúdio ao Especial de Natal que o Porta dos Fundos lançou na Netflix, cujo filme, que traz no subtítulo ‘A Primeira Tentação de Cristo’, mostra um Jesus homossexual e zomba de outras verdades bíblicas.

Deputada evangélica processa Porta dos Fundos por “escarnecer da fé cristã”

Deputado Eli Borges repudia Netflix por vídeo de Natal do Porta dos Fundos

+ Muçulmanos repudiam Porta dos Fundos por ‘Jesus gay’ em filme

É o segundo ano que a Netflix traz em seu especial de Natal uma verdadeira afronta à fé cristã quando falam de um Jesus gay e de discípulos que não foram à Ceia porque estavam embriagados”, disse o deputado tocantinense Eli Borges em pronunciamento na Câmara dos Deputados.

VEJA TAMBÉM
Marco Feliciano, Marisa Lobo e Eli Borges debatem ideologia de gênero nesta quinta (18)

Borges, que é membro da Frente Parlamentar Evangélica, pediu à Netflix que “respeite o Brasil, que respeite o Brasil cristão” e convocou “os milhões de brasileiros para que comecem a deixar de lado a Netflix que pelo segundo ano consecutivo traz essa afronta aos cristãos”.

O pastor e escritor Franklin Ferreira alertou os cristãos para que se lembrem nas próximas eleições do víeis ideológico dos membros do Porta dos Fundos, pois os partidos por eles apoiados não se importam com esta zombaria. “O grupo Porta dos Fundos voltou a debochar da fé cristã. Num “Especial de Natal” Fábio Porchat e Gregório Duvivier vilipendiam a fé cristã, retratando Jesus Cristo como um homossexual(…)Que os cristãos católicos e protestantes se lembrem disso nas eleições de 2020 e 2022. Afinal, há cristãos que ainda pensam em votar no PT e PSOL? Esses partidos de esquerda já usaram e abusaram de católicos e evangélicos para tentar implementar seu programa de poder autoritário. Agora o PT, PSOL e seus acólitos abertamente atacam a fé cristã e vilipendiam seus símbolos. Haverá mesmo cristãos que ainda votarão nesses partidos?”, questionou.

VEJA TAMBÉM
Vereadores de Colmeia aprovarão moção de repúdio ao grupo Porta dos Fundos

O deputado federal e vice-líder do Governo, Marco Feliciano, também se posicionou e disse que está na hora de uma ação conjunta das igrejas e pessoas de bem para dar um basta nisso.

Ele também divulgou o vídeo abaixo em suas redes sociais repudiando o filme.

https://twitter.com/marcofeliciano/status/1205526103613464576